VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

HOMENS SE PASSAM POR POLICIAIS E MATAM DOIS IRMÃOS EM ARACATI.

Jovens foram levados para a BR-304 e executados. Polícia Militar segue com as buscas. Ninguém foi preso.

Dois irmãos foram assassinados na noite desta segunda-feira (28), em Aracati, no Litoral Leste do Estado. A Polícia Militar disse que os irmãos estavam em casa com o pai quando quatro homens entraram na casa deles dizendo que eram policiais.
Os homens levaram os irmãos para a margem da BR-304 e atiraram nos jovens, segundo a polícia. As vítimas tinham 18 e 19 anos.

Os corpos dos irmãos foram encontrados com perfurações na cabeça. Até a manhã desta terça-feira ninguém foi preso. A polícia investiga o caso e continua as buscas na região pra prender os suspeitos.

Fonte: G1Ce

AGENTE PENITENCIÁRIO DIZ QUE FOI AGREDIDO POR MODELO ANTES DE ASSASSINÁ-LO NA SAÍDA DE FESTA RAVE

O agente prisional Renilson Garcia Araújo Lima participava constantemente de festas raves. 

"Fui agredido. Levei um soco e a adrenalina subiu”. Estas foram as palavras que o agente penitenciário  Renilson Garcia Araújo Lima, 27 anos, pronunciou ao confessar na Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoas (DHPP), ter assassinado o modelo, promotor de eventos e esportista  Jhonny Moura de Melo, 22.  O crime ocorreu durante uma festa rave, na madrugada de domingo último, em Fortaleza.
O agente penitenciário, que foi detido na madrugada de hoje em sua residência, no bairro Antônio Bezerra (zona Oeste de Fortaleza), contou que cometeu o crime  após se envolver em uma briga com o modelo no interior do buffet “La Maison”, no bairro Dunas (zona Leste da Capital).  A Polícia, no entanto, acredita em um crime premeditado, já que o assassino atacou a vítima do lado de fora da casa de eventos, no momento em que o modelo estava no carro da namorada e ia embora dali. 

AGENTE PENITENCIÁRIO É PRESO APÓS ASSUMIR TER MATADO MODELO JOHNNY MOURA

O suspeito Renilson Garcia Araújo Lima, de 27 anos, foi preso na sua residência, no bairro Antônio Bezerra

Foi preso na madrugada desta terça-feira (29), por volta das 3h da manhã, Renilson Garcia Araújo Lima, que confessou ser autor da morte do modelo Johnny Moura, neste domingo (27), após saída de festa no bairro Dunas. O suspeito, de 27 anos, é agente penitenciário na Casa de Privação Provisória de Liberdade Desembargador Francisco Adalberto de Oliveira Barros Leal, mais conhecida como Carrapicho, em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza.
Segundo amiga de Johnny Moura, o suspeito conhecia o modelo de 22 anos. Renilson foi levado à Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa, no Bairro de Fátima. Ele foi preso na sua residência, no bairro Antônio Bezerra.
Na tarde desta segunda (28), um telefonema anônimo aumentou as especulações em torno da morte do modelo e promotor de eventos cearense Johnny Moura de Melo, de 22 anos. A ligação, recebida no fim da tarde de ontem na Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), teria sido do suposto assassino da vítima, de acordo com a diretora da Especializada, delegada Socorro Portela. O homem teria afirmado que se entregaria nesta terça. Entretanto, na ligação, ele não se identificou nem forneceu muitas informações.