VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

BANDIDOS MATAM MULHER QUE CHEFIAVA O CRIME EM VÁRIOS BAIRROS DE FORTALEZA


Subiu para 223 o número de feminicídios no Ceará.  Na noite de  ontem, uma mulher que já havia figurado na lista dos criminosos mais procurados do estado, acabou sendo morta, a tiros, na zona Sul de Fortaleza.
Valquíria de Araújo Alves, 29 anos, envolvida em delitos de tráfico de drogas, assaltos, homicídios, formação de quadrilha, falsificação de documentos e lesão corporal, foi executada sumariamente no bairro Mondubim.
Segundo as primeiras informações da Polícia, Valquíria foi executada, por volta de 2130, por dois homens que fugiram em uma motocicleta. Cerca de uma hora antes, ela teria se envolvido em uma discussão com um desconhecido. Em seguida, foi até um campo de futebol, às margens da Avenida Perimetral, onde acabou sendo atingida por vários tiros no rosto, tento morte imediata.

SOLDADO DA PM DO DESTACAMENTO DE CHORÓ É ENCONTRADO MORTO EM QUIXADÁ

Uma equipe do Núcleo de Pericia Forense do Sertão Central, esteve no local e emitirá um laudo nos próximos 30 dias.

Uma noticia no fim da tarde de quarta-feira, 02, deixou todos os Policiais Militares abalados, ao saberem que um colega teria sido encontrado sem vida, em sua residência, localizada no bairro Centro, na cidade de Quixadá, no Sertão Central cearense.
Um soldado lotado no Destacamento da cidade de Choró, que pertence ao 9º Batalhão da Polícia Militar, estava passando por problema de depressão, inclusive, se encontrava de licença médica de sua função. Ele era residente na Clarindo de Queiroz e, de acordo com populares vivia sozinho. Colegas relatam que a vítima era um excelente policial.
Uma equipe do Núcleo de Pericia Forense do Sertão Central, localizado em Quixeramobim, esteve no local e emitirá um laudo nos próximos 30 dias, apontado a causa da morte. Alguns relataram que ele teria atirado em sua própria cabeça, não é uma informação ainda oficial.
O portal Revista Central reserva o direito de não divulgar o nome do policial, tendo em vista as circunstâncias do fato.


Com informações Revista Central de Quixadá

JUSTIÇA DE CAMOCIM CONDENA HOMEM POR DESACATO A POLICIAL E PORTE DE ARMA BRANCA

Durante a manhã desta quinta-feira, 03,  o Poder Judiciário acolheu o pedido do Ministério Público e condenou o réu João Batista Mariano de Brito em razão da prática de contravenção de porte de arma branca e desacato a policial militar. 
Foram designadas duas audiências para o dia 03/12/2015, em que foram apresentadas defesas, ouvidas testemunhas, resultando na condenação do réu. 
O réu João Batista Mariano de Brito, vulgo "João Tomé", foi condenado a 1 (um) ano e 3 (três) meses de detenção por ter desacatado um policial no dia 27/06/2013 e a 3 (três) meses de prisão simples por portar arma branca de forma ostensiva no dia 17 de junho de 2013.

Informações:

Antônio Washington Frota

Juiz de Direito Titular da 2ª Vara da Comarca de Camocim

COMUNICADO DO TIRO DE GUERRA 10-001

Você jovem que prestou o serviço militar entre os anos de 2011 (inclusive) e 2015 (inclusive) compareça ao Tiro de Guerra 10-001, situado na Avenida Humaitá, 2536, Bairro São Pedro, a fim de participar do Exercício de Apresentação da Reserva que está ocorrendo dos  dia 9  a 11 e 14 e 16 de dezembro de 2015, no horário de 07:00 às 12:00 e das 13:30 às 17hs, e fique em dia com suas obrigações militares.

Sub Ten Sandro LOEL Cantos dos Santos

Chefe de Instrução do TG 10-001

EXTORSÃO: POLICIAIS CIVIS SÃO DETIDOS PELA CONTROLADORIA GERAL

Três policiais civis foram presos suspeitos de praticarem crime de extorsão contra um homem que é acusado de traficar drogas que também acabou detido. Na mesma ação um adolescente foi apreendido. As prisões aconteceram na tarde de ontem, em Pacatuba, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Um veículo e uma quantidade de drogas também foram apreendidos.
A Coordenadoria de Inteligência (Coin), da Secretaria de Segurança Pública e Desenvolvimento Social (SSPDS), recebeu denúncia dando conta de que os policiais civis Lisandro de Sousa e Nelson Oliveira, ambos lotados na Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), e Maciel Alves, lotado do 3ºDP (Otávio Bomfim), estavam se deslocando para Pacatuba, para receber dinheiro de um suspeito de tráfico de entorpecentes identificado como Claudemiro de Oliveira Mello Neto.
No local marcado para ser efetuado o pagamento, um dos inspetores foi preso em um veículo Honda Civic clonado. O próprio policial admitiu para os investigadores que o carro tinham procedência suspeita. Na mesma ação, Claudemiro de Oliveira foi preso com uma certa quantidade de maconha.
Os outros dois inspetores furaram o bloqueio policial e se deslocaram para a DHPP onde pegaram uma metralhadora e fugiram em uma viatura caracterizada da Especializada.