VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

terça-feira, 27 de outubro de 2015

TRIO QUE EXECUTOU FORTALEZENSE EM CAMOCIM ESTAVA COM VERDADEIRO ARSENAL.


A Polícia Militar cumpriu com seu compromisso e prendeu em tempo recorde o trio que executou a tiros de pistola 380 o fortalezense Vicente de Medeiros Silva, de 26 anos, crime ocorrido por volta do meio-dia desta terça-feira, 27, em frente ao antigo Sesp, quase no cruzamento da Rua Riachuelo com Rua da República. A ação dos criminosos foi rápida e profissional, no entanto, a trabalho da Polícia Militar beirou a perfeição e em menos de 30 minutos os elementos foram capturados já na cidade de Barroquinha quando estavam em fuga provavelmente para o Estado do Piauí.
Durante a revista realizada no interior do veículo Peugeot de cor vermelha e placa PGN-4116, de Jaboatão dos Guararapes-PE, os militares encontraram no compartimento do Airbag quatro pistolas todas zeradas calibre 380 e com vasta munição. O trio foi conduzido para a DPC de Camocim onde irá ser autuado por crime de homicídio qualificado. Toda a operação que capturou o trio homicida foi comandada pelo Major Artunane Aguiar, comandante da 3ªCia/3ºBPM.

HOMICÍDIO EM CAMOCIM: OPERAÇÃO RELÂMPAGO DA POLÍCIA MILITAR PRENDE TRIO HOMICIDA JÁ NA CIDADE DE BARROQUINHA.

O trio foi preso pela Polícia Militar na cidade de Barroquinha
Após o homicídio do Vicente de Medeiros Silva, de 26 anos, natural de Fortaleza, o qual foi executado a tiros de pistola por volta do meio-dia desta terça-feira, 27, em frente ao antigo Sesp, quase no cruzamento da Rua Riachuelo com Rua da República, o Major Artunane Aguiar reuniu os policiais da Força Tática, FTM, Ronda do Quarteirão S.I., Destacamentos de Barroquinha, Chaval e Granja, e fechou todas as entradas e saídas das cidades vizinhas e começaram as buscas pelos assassinos, sendo que meia hora depois, graças as ações bem coordenadas, o trio criminoso foi capturado em tempo recorde já na cidade de Barroquinha. Os elementos foram abordados e inicialmente negaram o crime, no entanto minutos depois, as imagens de um circuito de câmeras mostraram toda a ação do trio, e só então eles resolveram confessar. Os pm's realizaram uma vistoria pente fino no veículo Peugeot e encontraram nada mais nada menos que quatro pistolas com vasta munição dentro do compartimento do Airbag do veículo. O trio foi conduzido para a DPC de Camocim onde irá ser autuado por crime de homicídio.
Os tiros atingiram a parte das costas, cabeça e tronco da vítima e conforme informações colhidas pela polícia ele respondia (ou respondeu) por alguns crimes na justiça e que era testemunha de um homicídio na cidade de Fortaleza.
Toda a operação que capturou o trio homicida foi comandada pelo Major Artunane Aguiar, comandante da 3ªCia/3ºBPM.

EM CAMOCIM, FORTALEZENSE É EXECUTADO A BALA NO CENTRO. POLÍCIA MILITAR PRENDE OS SUSPEITOS.


Um homem identificado como Vicente de Medeiros Silva, de 26 anos, natural de Fortaleza e que residia já alguns meses em Camocim, foi executado a tiros de pistola por volta do meio-dia desta terça-feira, 27, em frente ao antigo Sesp, quase no cruzamento da Rua Riachuelo com Rua da República. Vicente trabalhava atualmente em Camocim no Restaurante Timoneiro, localizado na Av. Beira-Mar.
Segundo informações colhidas pelo blog Camocim Polícia 24h junto à Polícia Militar, a vítima trafegava com uma mulher em uma Honda Pop de cor preta e placa ORU-7920, quando passaram a ser perseguidos por um veículo Peugeot de cor vermelha e placa PGN-4116, de Jaboatão dos Guararapes-PE. O casal foi alcançado em frente ao Sesp sendo que nessa hora os indivíduos desembarcaram e efetuaram cerca cinco vezes de pistola calibre 380 em direção ao indivíduo, o qual caiu e ali mesmo veio a óbito. Os tiros atingiram a parte das costas, cabeça e tronco da vítima e conforme informações colhidas pela polícia ele respondia (ou respondeu) por alguns crimes na justiça e que era testemunha de um homicídio na cidade de Fortaleza.

POLICIAIS MILITARES SE INDIGNAM COM LIBERAÇÃO DE MENOR E DESABAFAM EM VÍDEO.

Policiais militares gravam vídeo com menor infrator e expõe suas indignações com as leis frouxas e caducas que impera em nosso país. No caso, um menor foi flagrado com muita droga, com uma pistola .45 de uso restrito e ainda um revólver calibre 38, foi conduzido para a DPC e apesar do corpo já de homem (17 anos), o adolescente foi prontamente liberado para com certeza voltar a delinquir. Nota-se no rosto dos pm’s a indignação e a sensação de enxugar gelo. Confira o vídeo:

PROJETO QUER QUE PRESO PAGUE AO ESTADO DESPESAS DURANTE CUMPRIMENTO DE PENA

Um projeto PLS 580/2015 do senador Waldemir Moka (PMDB-MS) prevê a devolução desse valor aos cofres públicos. Pelo texto, o detento que tiver condições financeiras deve ressarcir ao estado os gastos com a sua manutenção. Para Moka, apenas transferindo a responsabilidade ao preso pelos seus gastos é que o sistema penitenciário brasileiro pode melhorar. Os detentos sem condições financeiras devem pagar com trabalho.

Fonte: Senado Federal

GRANJA-CE: FOGO CONSOME MOTOCICLETA NO DISTRITO DE PARAZINHO


Durante a noite de domingo, 25, uma motocicleta foi consumida totalmente pelo fogo no bairro Vila Nova, distrito de Parazinho, zona rural de Granja. Segundo populares, a moto estava com vazamento de gasolina e sem saber, uma pessoa foi acender um cigarro próximo a moto, momento em que o incêndio teve início. Por sorte ninguém saiu ferido.

Camocim Polícia 24h
Colaborador: Cb Edmo

RELIGIOSO QUE PROMETIA CURAS É PRESO ACUSADO DE ESTELIONATO EM ICÓ

Um homem de 27 anos foi preso na manhã desta segunda-feira (26), acusado de estelionato, em Icó, na região do Vale do Salgado. Iranilson Santos Nóbrega, conhecido como ‘Mestre Ayres’, foi detido dentro de seu centro esotérico. As informações são do correspondente do Site Miséria, Richard Lopes.
Mestre Ayres foi preso por inspetores da Delegacia Regional de Polícia Civil de Icó. Contra o acusado, existia um mandado de prisão em aberto expedido pela Justiça do município de Cedro.
De acordo com o delegado regional de Polícia Civil, Marcos Sandro Nazaré de Lira, cerca de seis pessoas denunciaram o religioso por conta de falsas promessas. Segundo Marcos, o acusado vendia para as vítimas um líquido verde com a garantia de curar doenças. Pelo ‘falso remédio’ era cobrado R$ 400,00.