VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

terça-feira, 27 de setembro de 2016

JUSTIÇA DECRETA ILEGAL GREVE DA POLÍCIA CIVIL NO CEARÁ; ATIVIDADES DEVEM SER RETOMADAS EM ATÉ 24 HORAS

Segundo a vice-presidente do Sindicato dos Policiais Civis de Carreira do Ceará (Sinpol-CE), Ana Paula Cavalcante, a categoria ainda não foi notificada oficialmente pela Justiça 
  
Em decisão nesta terça-feira (27), a Justiça ordenou que os policiais civis do Estado do Ceará, em greve desde o último sábado (24), retornem às atividades no prazo de "24 horas após notificação" do Sindicado dos Policiais Civis de Carreira do Estado do Ceará (Sinpol-CE). O não cumprimento da determinação acarretará multa diária de R$ 3 mil para cada dirigente sindical e de R$ 800,00 para cada policial civil que mantenha a paralisação.
Conforme o relator do processo, desembargador Luiz Evaldo Gonçalves Leite, "convém ressaltar a premência de se manter em atividade ininterrupta os serviços públicos capazes de, uma vez descontinuados, comprometer a salvaguarda da própria sociedade, fonte que investe de legitimidade o exercício de tais funções".
Argumentando o período eleitoral, o desembargador apontou que "a atuação dos órgãos de segurança pública é essencial ao exercício do direito de sufrágio, tão caro à democracia, no que prevalece o argumento do requerente no sentido de que as consequências podem ser gravíssimas".
"Nesse contexto, impõe-se ordenar o retorno dos servidores ao trabalho, a ser observado pelo sindicato requerido", frisou o magistrado.

GUARDA MUNICIPAL DE TIANGUÁ É UM DOS PRESOS POR FRAUDE EM CONCURSO DA POLÍCIA MILITAR


Quatro pessoas foram presas com pontos eletrônicos e gabarito da prova. Guarda municipal e os outros envolvidos foram autuados por fraude.

Um dos quatro presos por fraude no concurso da Polícia Militar é um guarda da cidade de Tianguá, no interior do Ceará, segundo informações da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) divulgada nesta segunda-feira (26). Os envolvidos foram detidos em flagrante com pontos eletrônicos, que eram utilizados para receber as respostas.
Conforme a SSPDS, três homens foram presos em diferentes locais de prova no Centro de Fortaleza. De acordo com a Polícia Civil, um dos suspeitos foi flagrado no local de prova utilizando um aparelho eletrônico. Ele foi preso também com o gabarito da prova. Uma mulher foi presa com um ponto eletrônico e um celular escondido sob a roupa no Bairro Messejana.
Os envolvidos foram autuados no artigo 331, que consiste em fraudes durante certames de interesse público. A pena para este delito vai de um a quatro anos de reclusão e multa. O guarda municipal foi autuado também no artigo 331 parágrafo terceiro, o que aumenta a pena em um terço da pena, pelo agravante do suspeito ser funcionário público.

SENADOR SÁ-CE: CIÚMES E RIXA TERMINA EM TENTATIVA DE HOMICÍDIO

Por volta das 21h30 de segunda-feira, 26, a polícia registrou uma tentativa de homicídio na cidade de Senador Sá. O crime teria sido motivado por ciúmes e uma rixa antiga.
Conforme fomos informados pela polícia de Senador Sá, um homem identificado como José Garardo Freire Alves estava conversando com sua tia em frente a casa dela quando foi surpreendido por um indivíduo identificado apenas como Maércio, o qual desferiu um tiro de revólver que atingiu as costas da vítima.
Ainda segundo informações, Maércio é marido da tia da vítima e teria cobrado ciúmes dele com ela. Uma rixa também antiga entre os dois também contribuiu para que o crime acontecesse.
A polícia foi acionada, realizou diligências mais não conseguiu capturar o acusado. A vítima foi conduzida ao hospital Santa Casa de Sobral onde recebeu atendimento médico e passa bem.

Camocim Polícia 24h

AÇÃO PRENDE CABOS ELEITORAIS POR AMEAÇAS E TENTATIVA DE HOMICÍDIO

Grupos armados se atacam e geram medo na população, afirma MP. Um dos suspeitos de participar das ações criminosas segue foragido.

Duas pessoas foram presas e cinco mandados de busca e apreensão foram cumpridos na manhã desta segunda-feira (26), durante a Operação Sufrágio, no município de Mucambo, no Norte do Ceará. A operação, do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) em parceria com a Polícia Civil, investiga crimes de tentativa de homicídio, ameaça, constrangimento ilegal, dano, entre outros crimes, todos movidos pela disputa política no município.
Na ação, foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão e três mandados de prisão temporária, sendo dois - contra Marque Lenard Lustosa Gomes e Samuel Lima de Aquino Duarte -, efetivamente cumpridos. Junivan Moreira de Santana, conhecido como “Junior Cabeludo”, encontra-se foragido e a polícia continua as buscas para o cumprimento do mandado de prisão temporária contra ele.
Os mandados foram expedidos pelo juiz da Comarca de Mucambo, Isaac de Medeiros Santos. Os três são investigados pela tentativa de homicídio de George Wilson Lima Nepomuceno, na madrugada do dia 10 de setembro deste ano, no Sítio Bom Sucesso, durante trajeto na estrada que liga a sede do município de Mucambo à localidade de Carquejo.

EM CAMOCIM, CARRO PEGA FOGO APÓS SER COLIDIDO POR F-250

Um acidente de trânsito ocorrido por volta das 13h00 de segunda-feira, 26, terminou com um carro em chamas e por Deus não houve vítimas fatais.
Populares ligaram para o 190 informando sobre um carro que estava em chamas na CE-085, em frente ao Clube Eucaliptu’s. Imediatamente uma equipe do Ronda compareceu ao local e constatou ser verídica a denúncia, lá estava um veículo Audi A3 estava em chamas.
No veículo estava o condutor e mais três pessoas, todos saíram ilesos do ocorrido. O condutor foi identificado como Charly Matias, residente em Granja, e informou para os pm’s que um veículo F 250 ocasionou o acidente e colidiu com o Audi A3, fugindo em seguida em direção a Camocim.
A PRE compareceu ao local e tomou as providências cabíveis. O veículo e seu condutor não foram localizados.

Camocim Polícia 24h
Foto ilustrativa

CASEIRO CONFESSA TER ESTUPRADO E ESTRANGULADO RAKELLY, DIZ POLÍCIA

Menina desapareceu na quarta (21) e corpo foi encontrado no sábado (24). Garota foi jogada morta em poço no sítio vizinho à casa dela, em Itaitinga.

Um caseiro confessou à polícia que estuprou e estrangulou a menina Rakelly Matias Alves, de 8 anos, encontrada morta no sábado (24), após três dias desaparecida. O homem trabalhava em um sítio vizinho à casa da garota e jogou o corpo em um poço da propriedade. Nesta segunda-feira (26), a delegada responsável pelo caso, Socorro Portela, titular da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), divulgou o teor do depoimento prestado no sábado pelo caseiro.
Segundo a delegada, a menina foi sufocada e abusada sexualmente pelo caseiro, de 33 anos. Portela também informou que ele a matou com objetivo de esconder o  estupro. Além disso, segundo a delegada, a criança gritou e pedir para o homem parar.
"Ele disse que matou para esconder, porque não tinha como esconder aquilo e aquele abuso. Ele falou que tinha amordaçado a criança. A criança gritou, mas ele falou que não foi muito alto. Ela pediu para ele parar, chorou e tentou sair daquela situação", disse a delegada.  Segundo a delegada, assim que a menina chegou ao sítio foi imobilizada com um golpe, estrangulada e foi violentada mais de uma vez.

EM CAMOCIM, POLÍCIA MILITAR PRENDE PARAENSE ACUSADO DE TENTAR MATAR DESAFETO NO ESTADO DO AMAPÁ

Durante o início da tarde de segunda-feira, por volta das 13h00, policiais da Força Tática prenderam no mercado público de Camocim um paraense natural de Bragança acusado de ter tentado matar um desafeto na cidade de Calçoene, no Estado do Amapá.
Os militares policiavam pela parte interna do mercado quando viram o elemento desconhecido na cidade e em atitudes suspeitas. Ele foi abordado e com ele nada de ilícito foi encontrado, no entanto, ao checarem seus dados juntos à justiça descobriram que contra ele havia um mandado de prisão em aberto expedido pela Dra. Priscila da Silva Peixoto, Juiza de direito da 1ª vara única de Calçoene, no Estado do Amapá. O paraense Sidney Ferreira Porto, 21 anos, recebeu voz de prisão e o caso foi comunicado ao Juiz da cidade que determinou que o mesmo fosse recolhido à cadeia pública de Camocim onde aguardará transferência para o sistema penitenciário do Amapá.
                                          
Efetuaram a prisão: Sgt Dário, Sgt Cleuton e Sd George
Camocim Polícia 24h