VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

sábado, 30 de janeiro de 2016

POLICIAL MILITAR DÁ VOZ DE PRISÃO A ENFERMEIRA E MÉDICO APÓS MORTE DE PACIENTE

Policial acusou equipe de omissão de socorro a idosa em Fortaleza. Inquérito foi aberto para investigar o caso, diz Secretaria de Segurança.

Uma enfermeira, um médico e um técnico do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) receberam voz de prisão de um policial militar na madrugada de domingo (24) em Fortaleza e foram parar na delegacia após a morte de uma paciente.
Segundo o Sindicato dos Médicos do Ceará e o Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos do Município de Fortaleza (Sindfort), a equipe foi acusada pelo PM de ter omitido socorro a uma idosa de 84 anos, que morreu após passar mal e ser levada pelo Samu ao Hospital Distrital Maria José Barroso de Oliveira, conhecido como Frotinha da Parangaba.
Ainda de acordo com os sindicatos, a idosa chegou com um quadro de cardiopatia, diabetes e crise de cansaço. “A enfermeira foi a primeira que atendeu a paciente. Ela colocou um adesivo de identificação de risco na idosa e, em seguida, foi chamar o médico. Depois, a paciente piorou e foi levada à sala de parada cardíaca, onde acabou vindo a óbito. A família da paciente reclamou da demora, discutiu com a equipe, e o policial que se identificou como sobrinho da idosa deu a voz de prisão”, explicou Regina Cláudia, diretora setorial de saúde do Sindifort.

GUARACIABA DO NORTE-CE: POLÍCIA MILITAR APREENDE FUZIL DE FABRICAÇÃO AMERICANA.


Na manhã de sábado (30), por volta das 11h30, policiais militares do Destacamento de Guaraciaba do Norte receberam uma ligação anônima dando conta de que na zona rural daquela urbe, mais precisamente no Distrito de Morrinhos, haviam dois indivíduos, portando armas de fogo. Imediatamente os Policiais sob o Comando do Sargento Fernandes deslocaram-se até o local e lá chegando perceberam dois indivíduos evadindo-se numa moto pelo mato. Ao notar a presença dos Policiais a dupla empreendeu fuga deixando cair um “surrão”, contendo 01 fuzil de fabricação Americana modelo MD16 A2 CALIBRE 5.56, com 20 cartuchos intactos e um colete balístico. Os dois indivíduos conseguiram evadir-se, haja vista estarem utilizando uma moto o que facilitou a fuga pelo matagal. A arma foi apreendida e apresentada na Delegacia Regional de Polícia Civil de Tianguá.

"APOSENTADOS": PATINETES DA PMCE DE R$ 285 MIL VÃO A LEILÃO


Equipamento foi considerado obsoleto pela Secretaria de Segurança e com custo de mão de obra elevado

A imagem de policiais militares patrulhando o calçadão da Avenida Beira-Mar, em Fortaleza, a bordo de patinetes elétricos, os Segway, ficará apenas na memória de quem viu, no curto espaço de tempo em que foram utilizados os equipamentos, ou na imaginação de quem não viu, ao longo do tempo em que já não são mais parte do equipamento oficial da Corporação. Adquiridos, cada um, ao custo unitário de R$ 28.562,00, totalizando R$ 285.620,00, no ano de 2008, durante a gestão do governador Cid Gomes, os dez patinetes Segway comprados pelo Governo do Estado do Ceará foram aposentados e irão a leilão. A justificativa é que tornaram-se obsoletos e economicamente inviáveis.
Quando adquiridos, os patinetes foram alvo de bastante polêmica. À época, o valor empregado era o equivalente a um carro popular zero km. A eficácia dos aparelhos, que chegam a 20 km/h, também foi questionada.
Em agosto de 2013, o Governo informou que encaminhou os patinetes para manutenção. Era necessário realizar a troca das baterias dos equipamentos. A população, àquela altura, já se perguntava se os pequenos transportes seriam vistos novamente no calçadão. Entretanto, àquela época, a informação dada pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) era que os patinetes retornariam "o mais breve possível", apesar de não haver prazo para isso.

CAMOCIM-CE: JUSTIÇA DETERMINA TRANSFERÊNCIA DE DETENTOS SUSPEITOS DE PARTICIPAÇÃO NA MORTE DE "SOUSA"

Oito detentos da cadeia pública de Camocim foram transferidos em cumprimento às determinações do juiz responsável pela cadeia. Todos os oito transferidos são suspeitos de envolvimento no homicídio bárbaro ocorrido dentro de uma cela da cadeia de Camocim. O caso aconteceu na manhã de dia 25 de janeiro e teve como vítima o jovem José Lucas Alcântara Sousa, o “Sousa”, de 18 anos. Relembre a matéria AQUI.
No mesmo dia, agentes penitenciários e policiais civis conseguiram identificar sete detentos suspeitos de participação no homicídio e todos eles foram conduzidos para a DPC de Camocim, local onde foram autuados por crime de homicídio. Clique AQUI para rever a matéria.
Sousa estava com apenas um dia de prisão. No dia anterior, dia 24 de janeiro, ele e seu comparsa Evamar teria tentado matar um desafeto, O “Henrique Cão”. Na ocasião ele havia disparado seis vezes contra o inimigo, sendo que dois ou três tiros havia o alvejado. Relembre a matéria AQUI.
Com o homicídio, a cadeia ficou “inflamada”. Foi necessário colocar em prática um ‘plano de ação’ e negociar com os detentos. Após conversas com os detentos mais antigos de cada cela, os presos resolveram entregar por livre e espontânea vontade suas armas, cerca de 23 ao todo entre facas, facões, punhais e cossocos. Essa foi a primeira medida tomada pela administração da cadeia. Reveja a matéria AQUI.
Já durante a tarde de sexta-feira, 29, uma operação surpresa envolvendo Agp's de Camocim e da COSIPE culminou com a transferência de oito detentos da cadeia de Camocim para as cadeias de Marco, Bela Cruz e Cruz. Alguns deles eles são acusados na morte de Sousa e outros por estarem atrapalhando o bom andamento da cadeia. São eles:
  1. Francisco Denys Carlos Marques Vasconcelos, o "Babilônia";
  2. Marcleuton Araújo Ferreira, o "Jijoca";
  3. Paulo dos Santos Silva, o "Jacaré";
  4. Daniel Azevedo de Oliveira;
  5. Francisco Edilberto dos santos;
  6. Daniel Rodrigues do Nascimento;
  7. Antônio Rumenigue do Nascimento;
  8. Evamar dos Santos Alexandrino. 
O diretor da cadeia ressalta que provavelmente mais detentos sejam transferidos nos dias posteriores:

Camocim Polícia 24h

CAMOCIM-CE: POLÍCIA CIVIL DEFLAGRA OPERAÇÃO, PRENDE DOIS ADULTOS E APREENDE UM MENOR ACUSADOS DE TRÁFICO DE DROGAS E POSSE ILEGAL DE ARMA DE FOGO

Ao todo, dois adultos foram presos e uma menor adolescente. Outro homem foi detido e entrou com testemunha no inquérito
Uma operação deflagrada por policiais civis da Delegacia Regional de Polícia Civil de Camocim culminou com a prisão de dois adultos e a apreensão de um menor acusados de tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo.
Segundo informações repassadas pela Polícia Civil, Fábio da Cunha Mota, o “Punho de Aço”, é suspeito de ser um dos maiores traficantes de Camocim e ainda alugar armas de fogo para o cometimento de crime na cidade.
Conforme informações nos repassadas pela Regional, há cerca de um ano os policiais da DRPC de Camocim, tendo a frente o Dr. Herbert Ponte, realizavam investigações em torno do indivíduo Punho de Aço e seus modus operandis. Já por volta do meio dia de sexta-feira, 29, o Dr. Herbert Ponte reuniu sua equipe e de forma silenciosa e eficaz se deslocaram até a residência do suspeito, localizada na Rua Xixá, bairro Jardim das Oliveiras, e executaram o mandado de busca e apreensão expedido pela justiça de Camocim. Durante a revista os policiais encontraram 830 gramas de crack puro, um revólver calibre 38 com seis cartuchos intactos, uma boa quantidade em dinheiro, aparelhos celulares e papel alumínio usado para embalar a droga.