VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

EM CAMOCIM, MILITARES DA FORÇA TÁTICA RECUPERAM CARRO FURTADO EM 2014 E PRENDEM RECEPTADOR.

Por volta das 12h30 desta terça-feira, 26, policias militares da Força Tática saturavam de forma preventiva pela cidade quando ao passarem pela Avenida Beira Mar, próximo ás pesqueiras, resolveram abordar um veículo Gol Cinza e placa OFG 0282. Os policiais consultaram a situação do veículo junto ao site do Detran e descobriram que a placa do veículo não era aquela, e sim, a placa HXD 0674. De acordo com a placa verdadeira, os pm’s descobriram que o citado veículo tinha sido furtado no dia 26 de julho de 2014.
Diante dos fatos, o condutor Antonio Regis Fontenele de Lima, 22 anos, recebeu voz de prisão e foi conduzido para a DPC de Camocim, local onde foi repassado todo o ocorrido para delegado plantonista que resolveu enquadrá-lo em crime previsto no artigo 180 do CPB, receptação dolosa.

Efetuaram a prisão: Sgt Oliveira, Sgt Edirlessandro e Sd Rafael.

Camocim Polícia 24h

EM CAMOCIM, PM'S DA FORÇA TÁTICA APREENDEM MENORES COM DROGA E BEBIDA TENTANDO JOGAR PARA DENTRO DA CADEIA

Dois menores infratores foram apreendidos por policiais militares da Força Tática após serem flagrados com os seguintes materiais: 08 trouxas de maconha, 08 pedras de crack, 02 trouxas de cocaína, pesando aproximadamente 10g, 03 litros de cachaça serrana, 01 aparelho celular com chip e carregador, e uma carteira de cigarros.
Os pm’s passavam em frente à Galeria de lojas do Hamilton quando avistaram dois indivíduos tentando passar uma sacola para dentro do presídio. Rapidamente os militares fizeram a abordagem aos infratores, sendo que um dos menores já tinha pulado o muro e se encontrava dentro do albergue, onde fica os presos do semiaberto. Ao verificar o material que continha na sacola, foi constatado que se tratava dos vários materiais ilícitos acima citados. 
Os menores, que têm 14 anos cada, foram apreendidos bem como todo o material e confessaram que teriam sido contratados para fazer a entrega daquele material aos presos, da cela 02, porém não relataram nomes. Diante dos fatos, foram todos conduzidos acompanhados de membros do conselho tutelar a DPC, onde no momento se encontrava apenas um inspetor que os informou aos policiais que por ausência de delegado, qualquer procedimento naquela delegacia só poderia ser realizado no dia seguinte no horário de expediente. Diante da situação os policiais aguardaram até o outro dia para realizar o procedimento através de “B.O.C.” com base no art. 33 da lei de entorpecentes.

Realizaram as apreensões: Sgt C. Félix, Sds Gleison, Gleison Nunes e Ribeiro

Camocim Polícia 24h

CAMOCIM-CE: CONFIRA OS SETE DETENTOS ACUSADOS DE EXECUTAR "SOUSA" DENTRO DA CADEIA

Em ordem: Reginaldo, Babilônia, Luizinho, Troço, Daniel, Jijoca e Jacaré 
Policiais civis da DRPC de Camocim e Agentes Penitenciários da Cadeia Pública de Camocim, todos em parceria, elucidaram o homicídio que vitimou o detento José Lucas Alcântara de Sousa, o Sousa, de 18 anos.
Ontem dia 25, por volta das 09h30, na cadeia pública de Camocim, exatamente na cela 04 (triagem), alguns detentos de posse de facas executaram o detento Sousa com distintos golpes em seu corpo. O mesmo chegou ainda a ser socorrido para o hospital, mas veio a óbito. A partir desse momento, o Delegado Dr. Herbert e a equipe de Inspetores da DPC de Camocim, se deslocaram até o local do sinistro criminoso para fazer os primeiros levantamentos acerca do ocorrido e identificar os autores do homicídio.
No decorrer das investigações (no interior da cadeia) a equipe de policiais e agentes conseguiram identificar os autores do homicídio e logo em seguida todos foram conduzidos para Delegacia onde foram indiciados por crime de homicídio. Em seus depoimentos nota-se a frieza nos detalhes e como foi à execução de seu desafeto. Alguns dos autuados relataram que a vítima José Lucas, só foi assassinado devido o mesmo ter confessado que havia dado cerca de quatro tiros no seu desafeto, o Henrique Cão, motivo esse, que gerou espírito de vingança de alguns detentos da cadeia. Vale salientar todo o empenho dos policiais e agentes, que juntos, conseguiram elucidar este crime bárbaro e chegar aos acusados.

EM CAMOCIM, PM'S DO RONDA PRENDEM EX-DETENTO ARMADO COM REVÓLVER.


Policiais do Ronda do Quarteirão de Camocim conseguiram prender um indivíduo e apreender uma arma de fogo durante a noite de segunda-feira, 25, na Rua Dr. Raimundo Veras, no bairro da Brasília.
Era por volta das 20h10, quando os militares faziam uma blitz saturação em toda área urbana da cidade quando  avistaram um indivíduo em atitudes suspeitas nas proximidade da mercearia dois irmãos e então resolveram abordá-lo. Durante a revista pessoal, os pm’s encontraram com o indivíduo um revolver calibre 32, de marca não identificada, numeração raspada, com 03 cartuchos intactos. O homem foi identificado como Francisco Gregore Rocha, ex-detento de 21 anos. Ele recebeu voz de prisão e foi conduzido para DPC, onde no momento se encontrava apenas um inspetor que informou aos policiais que devido ao movimento "Polícia Legal", quaisquer procedimentos naquela delegacia, só poderia ser realizado somente no dia seguinte e no horário de expediente. O caso foi comunicado ao Comandante Tenente Coronel Artunane Aguiar, o qual  levou ao conhecimento do Juiz desta Comarca, que orientou deixar o preso no xadrez da delegacia de Granja para que no dia seguinte fosse feito os procedimentos na delegacia de Camocim, evitando assim o deslocamento da viatura até Sobral. Gregore foi autuado em flagrante por crime de porte ilegal de arma de fogo, no entanto não ficou sequer um minuto na cadeia, pois seus familiares pagaram a fiança de R$ 880, 00 arbitrada pelo delegado.

Efetuaram a apreensão: Sds Helisandro e Santos
Camocim Polícia 24h

CAMOCIM-CE: DETENTO MORTO DENTRO DO PRESÍDIO FOI O PRIMEIRO DA HISTÓRIA DA UNIDADE.

Agentes penitenciários e policiais militares quem trabalham em penitenciárias, presídios, cadeia públicas, sabem o quanto é difícil exercer a função sem ter em mão condições de trabalho e estrutura. Se compararmos com outras, a cadeia de Camocim, com cerca de 145 detentos, ainda é considerada segura, pois lá trabalham por turno no mínimo dois pm’s e um agente penitenciário, pois acredite, existem cadeias que trabalham apenas um agente por turno e não existe a presença dos policias, só em causa de emergência.
No caso da cadeia pública de Camocim, a capacidade é para 67 detentos sendo que atualmente ela comporta cerca de 145, ou seja, muito mais que o dobro. Na cela das mulheres, por exemplo, a capacidade é para 6 detentas, no entanto existem 24.
Quem estava acompanhando a rotina da cadeia, sabe que o que aconteceu na manhã de segunda-feira, 25, mais cedo ou mais tarde iria acontecer, ou seja, um homicídio. José Lucas Alcântara Sousa, o “Sousa”, de 18 anos, foi morto a golpes de faca dentro da cela um dia após dar entrada naquela unidade, ele entrou para a história como o primeiro detento morto dentro das dependências da cadeia pública de Camocim. Anteriormente houve alguns casos de detentos serem lesionados gravemente dentro da unidade, contudo, nenhum deles veio a óbito.

Ainda existe a problemática do albergue onde os detentos do regime aberto e semiaberto, que fica anexo à cadeia. É de conhecimento de todos que os detentos saem de lá no momento que querem durante a madrugada. Outro problema é o corredor de uma galeria de lojas que fica nos fundos do presídio. De lá os indivíduos entram com drogas, armas e outros produtos ilícitos e entregam para os detentos do albergue, sendo que de lá eles encontram uma maneira de repassarem para os detentos do regime fechado. Muito complicado a situação da cadeia pública de Camocim. Alguma providência tem que ser tomada pelas autoridades responsáveis pela unidade.

Camocim Polícia 24h

DOCUMENTÁRIO SOBRE CARPINTEIRO CAMOCINENSE SERÁ EXIBIDO NO CINEMA


Chico Elias é o protagonista do documentário cearense “Botes Bastardos”, que será exibido na próxima sexta-feira (29), às 12h30, no Cine-Teatro São Luiz em Fortaleza. O curta, dirigido por Pedro Cela, conta a história de um carpinteiro que constroi botes desde os 17 anos. Hoje, aos 75 anos e já aposentado, seu Chico é um dos mestres em carpintaria mais respeitados de Camocim no Litoral Oeste do Ceará.
O diretor Pedro Cela descreve o porquê de documentar histórias sobre a cultura do Estado. “Ao escutar o que seu Chico Elias tem a nos falar, estaremos tratando de assuntos relevantes da cultura cearense, como o seu saber empírico transmitido de geração a geração pela oralidade e por ‘ver e fazer’, característico do ofício da construção artesanal”.
Pedro teve como parceiro profissional o jovem cineasta Eduardo Cunha, que já teve o trabalho “Negro Lá, Negro Cá” em exibição no cinema.  “Foi o curta que mais tivemos problemas durante as gravações. Primeiro que o Chico Elias não tem telefone celular, nem fixo. Ele também não estava com uma rotina certa durante a semana, então tínhamos que sair a procura dele pela cidade, perguntando a um e a outro. Nesse ponto uma pessoa em especial ajudou bastante, o João, um pescador que mora próximo à praia de Camocim”, detalha Eduardo. O trabalho foi feito em 10 dias, sendo três de viagens ao local.

HOMICÍDIO NA CADEIA PÚBLICA DE CAMOCIM: SETE DETENTOS SÃO INDICIADOS PELO CRIME BÁRBARO.

Sousa foi morto dentro da cadeia
Durante a manhã de segunda-feira, 25, publicamos com exclusividade um homicídio ocorrido por volta das 09h20 da manhã nas dependências da cadeia pública dE Camocim. Na ocasião, um indivíduo que tinha dado entrada há apenas um dia na cadeia, foi morto de forma bárbara por detentos inimigos após o “banho de sol”.
José Lucas Alcântara Sousa, 18 anos, vulgo “Sousa”, foi morto com vários golpes de faca e cossoco. 

Tentativa de homicídio

No domingo, 24, Sousa e seu comparsa identificado como Evamar, tentaram matar um desafeto identificado como “Henrique Cão”, na ocasião Sousa confessou ter descarregado todo seu revólver no inimigo, cerca de seis tiros, sendo que três lhe atingiram. Henrique Cão ainda se encontra internado na Santa Casa de Sobral. Ainda no domingo, policiais da Força Tática Motos (FTM) conseguiram prender a dupla momentos depois. Confira a matéria AQUI.

Autuados por homicídio

Após ter contido os ânimos dos detentos devido o homicídio ocorrido dentro da cadeia, policiais civis, militares e agentes penitenciários conseguiram identificar alguns detentos que estariam envolvidos de forma direta ou indireta no crime que vitimou o Sousa. Eles foram identificados como:  Luizinho, Zé Reginaldo;  Troço;  Dênis, vulgo “Babilônia”; Daniel Azevedo; Marcleudo, vulgo “Jijoca” e Paulo dos Santos, vulgo “jacaré”.
Segundo informações nos repassadas pela polícia e agentes penitenciários, todos eles foram indiciados por crime de homicídio, artigo 121 do CPB.

Camocim Polícia 24h

HOMEM ESFAQUEIA POLICIAL MILITAR DA RESERVA EM QUIXADÁ E É PRESO MINUTOS DEPOIS DA AGRESSÃO.

Francisco Regian Moreira Gomes, policial militar da reserva, foi esfaqueado na noite deste domingo, 24, quando estava em um bar na Rua Oscar Barbosa, no Centro da cidade de Quixadá.
Regian teria sido golpeado três vezes, sendo atingido nos dois braços e no queixo. Ele foi socorrido ao Hospital Eudásio Barroso e depois foi transferido para a Maternidade Jesus, Maria e José, onde passou por intervenção cirúrgica.
Apesar da violência do ataque, o militar não corre risco de morte em decorrência dos ferimentos. Os motivos para o ataque ainda não foram esclarecidos. O agressor, um indivíduo conhecido como Nena (foto), foi preso minutos depois da agressão, na periferia da cidade, no Bairro Campo Novo.

Fonte: Monólitos Post