VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO CEARÁ AFASTA JUÍZA ACUSADA DE FAVORECER PARTES EM PROCESSO

Nesta quinta-feira, 12, o Tribunal de Justiça do Ceará (TJ-CE) decidiu afastar a juíza Marta Célia Chaves Moura, titular da 6ª Unidade do Juizado Especial Cível e Criminal da Comarca de Fortaleza.
A magistrada é acusada de favorecer partes em processos que acompanhou. De acordo com o relatório da corregedoria geral, a juíza atuava de modo negligente no julgamento de algumas demandas, principalmente referentes a contratos de financiamento bancário. 
Durante inspeção feita pela Corregedoria, observou-se a concessão de inúmeras decisões antecipatórias sem que a outra parte do processo fosse ouvida. A prática foi registrada durante os anos de 2010, 2011 e 2012, causando prejuízos aos bancos credores em benefício dos autores e de determinados advogados.

MATAR POLICIAL É BOM NEGÓCIO PRA BANDIDO?

Ação e reação! Pra cada ação existe uma reação, assim diz a lei da física. Matar policial é bom negócio pra bandido? Não! Claro que não. Porque depois da ação vem a reação.

Em pelo menos dois episódios acontecidos nos Inhamuns e Sertão de Crateús, a estatística comprova que não é aconselhável matar policial. Pois se um policial tombar, três bandidos irão pagar. Nem sempre é essa a proporção, às vezes tem juros e correção. Vejamos: No dia 27 de fevereiro do ano passado, um assalto ocorrido contra a agência do Banco do Brasil de Catarina na Região dos Inhamuns, deixou um policial morto. A reação veio com uma intensa caçada policial ao bando e uma semana depois no dia 03 de março, quatro assaltantes tombavam sem vida na localidade de Ebron, na Zona Rural de Acopiara.

INVESTIGAÇÃO: PRESOS SUSPEITOS DE ATACAR BANCOS

Dois bandidos que figuravam na lista dos "Mais Procurados", no site da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), foram presos, ontem, por policiais civis da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), e militares, do Comando Tático Rural (Cotar). Ambos eram foragidos do Sistema Penal e têm envolvimento com vários crimes, principalmente roubo a bancos e carros-forte; latrocínios (roubos seguidos de morte) e sequestros.
O primeiro a ser apanhado foi Joelino Costa da Fonseca, 31, mais conhecido por ´Juca´. Ele é foragido de uma Casa de Privação Provisória de Liberdade (CPPL), em Itaitinga, desde 2011.

MAIS NOTÍCIAS DOS ASSALTANTES DE BANCOS MORTOS EM CONFRONTO COM A PM.




A caça aos bandidos começou logo após a quadrilha explodir um banco em Ararendá e matar um policial militar

Terminou em tiroteio e cinco mortes uma operação policial de cerco aos bandidos que, na madrugada de quarta-feira, assaltaram a agência do Bradesco da cidade de Ararendá, na Região dos Sertões de Crateús (334Km de Fortaleza) e assassinaram um policial militar, o soldado PM Odir Andrade Alcanfor Filho, 28, destacado na 2ª Companhia do 7º BPM (Nova Russas). 
Ao meio-dia de ontem, os criminosos foram localizados dentro da mata no distrito de Quixeré, zona rural do Município de Ipueiras (304Km da Capital). Houve novo tiroteio e uma das viaturas da PM foi metralhada pela quadrilha. Em resposta, os PMs também atiraram, se estabelecendo o confronto direto com os assaltantes.

OPERAÇÃO RETIRA 96 PESSOAS TIRADAS DO REGIME ESCRAVO

Uma operação conjunta entre Ministério do Trabalho e Emprego, Ministério Público do Trabalho (MPT) e Polícia Rodoviária Federal (PRF) resgatou 96 trabalhadores que estavam em situação de trabalho escravo no Interior do Ceará. A ação, que teve início no último dia 3 de dezembro, ocorreu em duas fazendas localizadas nos municípios de Granja e Barroquinha e foi concluída nesta quinta-feira (12).
De acordo com a PRF, os trabalhadores, que desenvolviam atividades relacionadas à produção do pó de carnaúba, estavam instalados em alojamentos precários, em más condições de higiene, sem banheiros, nem instalações elétricas. Alguns preferiam dormir debaixo de pés de cajueiro devido à precariedade dos locais onde estavam alojados, segundo informaram as autoridades policiais.