VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

domingo, 17 de maio de 2015

POLICIAIS E FAMILIARES REALIZAM MANIFESTAÇÃO CONTRA PRISÃO DE SOLDADO BALEADO POR AGENTES DA PF.


O ato de apoio ao PM aconteceu na manhã deste sábado, no Polo de Lazer do Conjunto Ceará.

Policiais militares e seus familiares, além de dezenas de moradores do bairro Conjunto Ceará, na zona Sul de Fortaleza, realizaram, na manhã deste sábado (16), uma manifestação em favor do soldado da PM baleado e preso por agentes da Polícia Federal sob a suspeita de tentativa de assassinato contra os “federais”.
O ato aconteceu no próprio bairro onde o soldado PM Higor Kaleb Scarlella Pereira. Com cartazes, faixas e muitas palavras de ordem, os manifestantes protestaram contra a prisão do militar e chamaram a atenção da Imprensa e da opinião publica para o que eles consideram como uma injustiça, pois afirmam que Kaleb não é bandido, não tem envolvimento com o tráfico de drogas nem tentou assassinar os agentes da PF, tendo somente tentado defender dois colegas de farda quando estes eram detidos pelos agentes da PF no fim da tarde da última quarta-feira (13).

FORMADA A PRIMEIRA TURMA DO RAIO EM JUAZEIRO DO NORTE.


A primeira turma do Batalhão de Ronda de Ações Intensivas e Ostensivas (Raio) do Cariri encerrou os treinamentos na tarde da sexta-feira, 15, em Juazeiro do Norte. Dos 35 policiais que iniciaram as atividades, 27 permaneceram e serão investidos neste domingo. Já na segunda-feira seguinte a segunda turma iniciará os treinamentos que envolvem técnicas de abordagens, pilotagem de motos em zona urbana e rural (offroad), tiro policial, doutrina do raio e direitos humanos. Ao todo, o Raio Cariri contará com 77 policiais, atendendo inicialmente as cidades do triângulo Crato-Juazeiro-Barbalha.
“Separamos, na verdade, o joio do trigo no tocante de essa preparação de o Raio ser o divisor de água na segurança pública, onde essa tropa especializada irá combater os diversos assaltos e homicídios onde os meliantes utilizam de motos para praticar esses eventos”, declarou o Capitão Luciano Oliveira que comandará o grupo de elite de motos da Polícia Militar na região.