VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

EM GRANJA, OPERAÇÃO CONJUNTA ENTRE POLÍCIA MILITAR E POLÍCIA FEDERAL PRENDE QUATRO PESSOAS E APREENDE CARGA DE CIGARROS AVALIADA EM CINCO MILHÕES.


Durante a madrugada de quinta/sexta-feira (20/21), o comandante da 3ªCIA/3ºBPM, Major Assis Azevedo, comandou com êxito uma operação policial em conjunto com a Polícia Federal do Piauí que culminou com a prisão de quatro pessoas e a apreensão de uma carga avaliada em torno de R$ 5.000.000,00.
Os policiais desencadearam a operação no início da noite de quinta-feira, 20, e reuniu cerca de 17 policiais militares e 09 policiais federais.
Militares e federais já vinham investigando os modus operandis da quadrilha há meses. Na noite de quinta-feira, policiais da Delegacia de Polícia Federal de Parnaíba receberam uma informação que um grande carregamento de cigarro contrabandeado sairia naquela noite da região litorânea de Chaval ou Barroquinha.

REPRESSÃO ÀS DROGAS: DENARC CAPTURA MAIS 4 TRAFICANTES.

A Polícia Civil, através da Delegacia de Narcóticos (Denarc) apresentou ontem, o resultado de três operações que culminaram na prisão de quatro homens envolvidos com tráfico de drogas; e apreensão de 14 quilos de pasta base de cocaína, utilizada na fabricação do crack.
A Denarc, através de suas investigações, tomou conhecimento de que um carregamento de drogas seria distribuído para um grupo de traficantes. A entrega aconteceu na última terça-feira, na Rua Olavo Bilac, no Município de Caucaia. Os três suspeitos presos, envolvidos no grupo são Francisco Wellington Lima da Silva 28; Francisco Eudes da Costa Dias, 22; e Paulo Sérgio Mendes Batista, 42.

ESTELIONATO: EX-DEPUTADO É DETIDO POR GOLPE

O ex-deputado estadual e ex-vereador, José Sérgio Teixeira Benevides, foi preso, na tarde de ontem, suspeito de participar da venda ilícita de um imóvel localizado no bairro Papicu. A prisão foi efetuada por uma equipe da Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF), no escritório do pretenso comprador, onde o negócio estava sendo fechado.
Segundo a Polícia, Sérgio Benevides, Paulo Rogério do Prado Gioielli e Mauro Cerqueira estariam tentando vender uma casa, que pertencia à empresa Gaspar Viana, que não está mais em atividade. A advogada da empresa, Alécia Piol, disse que a denúncia foi feita à Polícia, depois que ela consultou um processo de penhora da casa, que está em andamento, e descobriu a tentativa do grupo de negociar o imóvel por R$ 400 mil.