VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

POLÍCIA REGISTRA DOIS SUICÍDIOS DURANTE A MANHÃ DE QUARTA-FEIRA (11)

A polícia registrou mais dois casos de suicídios durante o dia de quarta-feira, 11. O primeiro caso aconteceu na cidade de Barbalha e a vítima foi identificada como Joaquim Paz dos Santos, 49 anos, residente no Sitio Santo Antonio do Caldas, zona rural do município. Era por volta de meio-dia quando populares encontraram o homem pendurado numa árvore com uma corda envolta no pescoço. Não se sabe dizer qual teria sido o motivo. Uma equipe da Pefoce compareceu no local e fez o translado do corpo ao IML de Juazeiro do Norte.

Boa Viagem

Já por volta de 08h30, populares ligaram para o 190 e informaram que na localidade denominada Estrela, zona rural de Boa Viagem, uma mulher identificada como Maria Gildene Ambrósio da Silva, 32 anos, teria cometido suicídio por meio de enforcamento.
Equipes da PM e da Pefoce foram ao local e confirmaram a veracidade da informação, onde constataram que a vítima do suicídio estava com uma corda amarrada no pescoço, “pendurado” em um armador da sala da residência onde morava e que após realizadas algumas inspeções foi feito a remoção do corpo para os procedimentos cabíveis.
De acordo com relatos do companheiro da vítima, ela encontrava-se grávida de 05 meses, sofria de problemas mentais e fazia uso de medicamentos controlados.  

Camocim Polícia 24h

VIOLÊNCIA EM CHAVAL: ADOLESCENTE ACUSADO DE ATIRAR E LESIONAR DESAFETO

A violência no município d Chaval não dar trégua. Nos últimos dias foram registrados crimes de lesões corporais e ainda dois homicídios. Já no início da noite de quarta-feira, 11, a polícia registrou mais um crime de lesão a bala. Era por volta das 18h00 quando os pm’s do destacamento foram informados sobre um tiroteio ocorrido no bairro Porto da Missa. Rapidamente uma equipe do destacamento foi ao local e constataram a denúncia, um indivíduo identificado como Reginaldo Durval do Nascimento Cruz, 18 anos, havia sido lesionado com um tiro de revólver na altura do pé esquerdo. A vítima disse aos policiais que estava nas proximidades de sua residência quando chegou um velho inimigo e do nada começou a atirar em sua direção, acertando seu pé. A vítima ainda revelou que o acusado é um menor de iniciais E.R.A., de 17 anos.
De acordo com informações colhidas pela polícia, ambos são envolvido com drogas e que no dia anterior (terça 10) a vítima teria efetuado um disparo de arma de fogo na porta da casa do suspeito, fato esse que pode ter motivado este atentado.

Policiais realizaram diligências por toda a cidade mais até o fechamento desata matéria não conseguiram localizar o acusado.

Camocim Polícia 24h
Colaborador: Sgt Gomes - Operador do Copom

SAIBA QUAL FAMÍLIA CEARENSE COMANDA MERCADO DE TERCEIRIZAÇÃO DE PRESÍDIOS

Além de presidente da Federação do Comércio do Ceará (Fecomércio-CE), Luiz Gastão Bittencourt da Silva (foto) é sócio de empresas que administram, de forma terceirizada, presídios nos estados do Tocantis, Roraima e do Amazonas, onde fica localizado o Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) onde 56 foram mortos em rebelião no primeiro dia do ano. A informação foi publicada no Jornal O Globo no último domingo (8).
Segundo levantamento feito pelo O Globo, além do presidente da Federação, a família dele também tem participações no mercado de gestão de cadeias no Amazonas. As empresas, inclusive, são alvos de investigações do Ministério Público e Polícia Federal.
Para o procurador do Ministério Público Federal (MPF-CE) Alessander Sales, a terceirização de unidades prisionais não é uma medida eficiente e só tendem a agravar problemas como o que aconteceu no Amazonas. “O preso é mais caro no sistema privado. O valor é mais do dobro que o sistema público gasta com os presos. Mesmo assim, não há nenhum ganho para o sistema. Além disso, o Estado não fiscaliza como deveria e a empresa terceirizada deixa que os presos mandem no presídio”, disse o procurador.

Atualizado por Daniel Negreiros
Reportagem de Camila Vasconcelos

CONHEÇA O EXEMPLO DE PRESÍDIO BRASILEIRO QUE NUNCA TEVE UMA REBELIÃO


Fonte: You Tube

EM CAMOCIM, POLÍCIA MILITAR PRENDE EX-DETENTO APÓS CRAVAR "AGULHÃO DE VELA" NO PESCOÇO DO DESAFETO

Fábio Damião, acusado
Policiais militares da Força Tática prenderam um ex-detento durante o final da tarde de quarta-feira, 11, sob a acusação de lesionar gravemente um desafeto na altura do pescoço.
Os policiais saturavam pela cidade quando foram acionados para uma ocorrência na Rua Antonio Lima, bairro Coqueiros, em que uma pessoa havia sido lesionada com uma perfuração na altura do pescoço durante uma briga.
A equipe policial agiu com rapidez e logo chegou ao local onde ainda estavam os envolvidos. A vítima Francisco dos Santos da Silva, de 27 anos, repassou aos policiais que por motivo fútil o acusado Fábio Damião dos Santos, 33 anos, começou uma briga e lhe lesionou com uma arma conhecida como “agulhão de vela”. O acusado ainda estava no local e recebeu voz de prisão dos pm’s. Para a polícia ele disse que foi intervir na briga de um irmão e confessa ter lesionado a vítima com um pedaço de cerâmica, não com um agulhão de vela como disse seu inimigo.
A vítima foi socorrida pelos próprios policiais ao HDMA onde foi atendido e permaneceu internado. O médico plantonista classificou a lesão como de natureza grave, pois por questão de milímetros a veia jugular não foi atingida. 
Já o acusado foi conduzido para a DPC onde o delegado de plantão o autuou em flagrante com base ao artigo 129, § 1º , inciso II do CPB (lesão Corporal Grave), e já se encontra recolhido à cadeia pública de Camocim. Vale ressaltar que o acusado já é um ex-detento e já cumpriu pena nas cadeias de Camocim, Granja e Sobral.

Efetuaram a prisão: Sgt Flávio, Sds Ribeiro e Diego Sousa
Camocim Polícia 24h

MASSACRE EM MANAUS!!! DIRETOR DE PRESÍDIO SUSPEITO DE RECEBER PROPINA PARA FACILITAR ENTRADA DE DROGAS, ARMAS E CELULARES


O diretor do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (COMPAJ) foi afastado de seu cargo após uma investigação que o acusou de receber propinas de presos. O maior suspeito do acontecimento do massacre que deixou 56 mortos é o próprio diretor do presídio. Alvo de investigação, agora ele foi completamente exonerado de seu cargo.

Confira o que a Veja publicou sobre o acontecimento:
O diretor foi acusado por dois detentos que foram mortos no massacre do primeiro dia do ano. Os dois detentos disseram que ele recebia dinheiro da facção criminosa Família do Norte para facilitar a entrada de drogas, armas e celulares no local.A informação foi confirmada pelo secretário de Segurança Pública do Estado, Sérgio Fontes. A rebelião orquestrada pela FDN contra integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC) no Compaj terminou com 56 mortos.Em dezembro, os presos Alcinei Gomes da Silveira e Gezildo Nunes da Silva enviaram cartas à Justiça do Amazonas, relatando que estavam sendo ameaçados de morte – a carta teria sido entregue por meio da Defensoria Pública. “Eles são corruptos e recebem dinheiro da facção criminosa facilitando a entrada de drogas e celulares e [também] a última fuga no Compaj”, diz Alcinei no texto.No site do Tribunal de Justiça do Amazonas, há registro de uma petição às 12h36, de 14 de dezembro, que foi reunida ao processo. Os detalhes do caso não podem ser acessados eletronicamente. Mas, segundo o defensor público Arthur Sant’anna Ferreira Macedo, que defendia Gezildo, trata-se de um pedido para que a Justiça determine que as denúncias sejam apuradas e que o preso seja transferido para o Centro de Detenção Provisória (CDP) como forma de assegurar sua integridade física.O Poder Judiciário entrou em recesso seis dias depois, no dia 20 de dezembro, e os pedidos do defensor público não foram analisados. Gezildo cumpria pena por furto e Alcinei havia sido condenado a 60 anos de prisão por matar a própria mãe e um irmão.A presidência do Tribunal de Justiça do Amazonas disse ter determinado a apuração dos fatos pela Corregedoria-geral de Justiça, que instaurou procedimento nesta terça. “O juiz Luís Carlos Valois, da Vara de Execuções Penais da Comarca de Manaus, ressalta que não recebeu o documento em mãos e nem foi procurado pelo defensor ou advogado dos presos para tratar do referido assunto”, declarou o órgão.A corte acrescentou que a Vara recebe centenas de documentos diariamente, inclusive de forma eletrônica e, no caso de informações sobre risco de vida de detentos, “estes documentos são encaminhados pela Justiça também ao Ministério Público para ciência e manifestação, bem como à Secretaria de Administração Penitenciária do Estado, visando a obtenção de dados relacionados ao apenado”.
Via Revista Camocim 

VINGANÇA! TRAVESTI FURTADA POR CLIENTE EM MOTEL SE VINGA POSTANDO FOTOS NA INTERNET

O caso ocorreu em Praia Grande, no litoral de São Paulo. O homem trancou Dayane Larraya no quarto e levou os pertences dela.
Uma travesti que trabalha como garota de programa em Praia Grande, no litoral de São Paulo, foi furtada dentro de um motel por um cliente que a havia contratado horas antes pela internet.
Revoltada com a situação, ela fez postagens em grupos nas redes sociais estampando o rosto do suposto assaltante e pedindo a devolução dos pertences.
O caso ocorreu na manhã do último domingo. Dayane Larraya Rios foi até um motel na cidade com um rapaz e, após realizar o programa, recebeu o pagamento normalmente. Em seguida, foi até o banheiro. Ao sair, percebeu que havia sido furtada.
Após as publicações na rede social, a família do rapaz entrou em contato com Dayane para ressarci-la. A pedido dos parentes dele, Dayane apagou a postagem.

Veja a publicação:


Fonte: Metrópoles