sábado, 30 de março de 2013

CRUELDADE: CORPO DE ADOLESCENTE É ACHADO NO LIXO.

O adolescente Tiago Alves Bezerra, 17, foi assassinado, na madrugada de ontem, teve o corpo colocado em um caixote e, em seguida, jogado em um monte de lixo na Rua 20 de Janeiro, na Barra do Ceará, Zona Oeste da Capital cearense.

O cadáver só foi encontrado por volta de 5 horas, quando um transeunte percebeu que havia algo estranho no amontoado de lixo existente ao pé de um muro e decidiu chamar a Polícia. Logo, o fato foi descoberto.

Tiago Bezerra estava sujo de areia, encoberto por esponja de colchões e, ainda, apresentava lesões compatíveis com ferimentos provocados a tiros e facadas. O cadáver do adolescente já estava entrando em estado de decomposição.

Enterrado?

Segundo a Perícia Forense, a pouca quantidade de sangue no local da ocorrência indica que o adolescente foi morto em outro local. O mais estranho é que, na noite de anteontem, a Polícia havia sido informada de que um homem foi assassinado e teve o corpo enterrado. Várias buscas foram realizadas pela PM na área indicada, no entanto, nada foi encontrado.

Ainda de acordo com a Polícia, como o corpo de Tiago Bezerra estava muito sujo de areia, é possível que ele tenha enterrado e desenterrado em seguida. Sobre a possibilidade de ter sido sepultado vivo, o perito Luiz Rodrigues respondeu que somente o exame cadavérico, realizado na Coordenadoria de Medicina Legal (Comel), pode apontar se isso ocorreu de fato.

Tráfico

Tiago Bezerra, segundo familiares, por muito tempo, foi usuário de drogas. Ele chegou a ser apreendido na Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), acusado de tráfico de drogas. Os parentes que foram ao local do achado de cadáver informaram que tinha se regenerado, inclusive teria voltado a estudar.

O crime de morte será investigado pelos inspetores da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), tendo em vista que a autoria ainda é desconhecida.

Na noite do último dia 18, dois rapazes também foram encontrados mortos e enterrados no mesmo bairro, sendo ocultados às margens de um riacho, na Avenida Francisco Sá.

NÚMERO

22 homicídios foram registrados, neste ano, na Barra do Ceará. A Polícia mantém constante ação de desarmamento naquele bairro.

Fonte: DN
Foto: Alex Costa

Nenhum comentário: