VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

segunda-feira, 23 de maio de 2016

MORTOS EM REBELIÕES NOS PRESÍDIOS DO CEARÁ PODEM CHEGAR A 26, DIZ JUIZ

Juiz corregedor visitou prisões na tarde desta segunda-feira. Nesta segunda, presos continuam soltos dentro das unidades.

O juiz corregedor dos presídios do Ceará, Cesar Belmino, informou na tarde desta segunda-feira (23) que o número de mortos nas rebeliões do Ceará pode chegar a 26. “É uma estimativa”, afirmou o juiz durante visita às unidades do Centro de Privação Provisória de Liberdade (CPPL), em Itaitinga, cidade da Região Metropolitana de Fortaleza. No começo da tarde, a Secretaria de Justiça do Ceará divulgou que o número de mortos era de 14. (veja vídeo acima)
Segundo o juiz, a situação na CPPL 2, por exemplo, estava sob controle à tarde. Mas o excesso de presos ainda é um problema. “Os centros têm praticamente o dobro de presos da capacidade”. Os Centros de Privação Provisória de Liberdade de Itaitinga deveriam abrigar cerca de 3.700 presos. Três desses quatros CPPLs foram inaugurados há quatro anos. Em estimativa divulgada pelo Governo em dezembro de 2014, o Ceará tinha 21.320 presos na capital e no interior.
Desde sábado (21), detentos estão rebelados. No fim de semana, presos invadiram alas e mataram outros detentos, além de quebrar celas, armários, grades, cadeiras e queimar colchões após a suspensão das visitas, segundo órgãos de segurança. Agentes penitenciários do estado entraram em greve no sábado, voltaram no fim do dia após negociação com o governo do estado, mas os detentos já estavam fora de controle. Familiares bloquearam a BR-116 por diversas vezes no domingo (22).

REBELIÃO NA CADEIA DE CAMOCIM: CONFIRA COMO FICOU A DESTRUIÇÃO NAS CELAS


Camocim Polícia 24h

QUATRO CAMOCINENSES A UM PASSO DO OFICIALATO DA GLORIOSA POLÍCIA MILITAR DO CEARÁ.


A Academia Estadual de Segurança Pública do Ceará (AESP/CE) encerrou, na sexta-feira (20), as aulas dos cursos de formação da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros e da Polícia Civil do Ceará. Ao todo, 953 candidatos aprovados em concursos públicos, concluíram a capacitação. São 190 oficiais da Polícia Militar, 35 oficiais do Corpo de Bombeiros, 201 delegados, 238 inspetores e 289 escrivães da Polícia Civil, que em breve reforçarão a segurança pública do Estado. Agora, todos os candidatos serão submetidos à prova final no próximo dia 29.
Durante meses, os alunos ficaram lotados na AESP, acompanhando aulas teóricas, práticas, seminários e palestras. Além de cumprirem estágio operacional supervisionado em diversas unidades das corporações. Embora a Academia siga um modelo de formação integrada, cada curso possui carga horária e disciplinas próprias, atendendo a especificidade de cada Instituição.
Em capacitação na Academia desde outubro de 2014, Hugo Figueiredo de Souza, aluno do curso de formação de oficiais da PM, fala da importância deste momento para a vida dos formandos e para a própria corporação. "Em breve estaremos nas ruas, somos sabedores dos anseios da tropa e da sociedade. Então temos a consciência da responsabilidade que é ser oficial da PMCE. Nossa expectativa é que cada dia, junto com a experiência dos oficiais mais antigos, com toda minha turma, nós possamos fazer uma Polícia Militar melhor, uma Polícia Militar cada vez mais voltada aos interesses da sociedade. Que todos nós juntos:  oficiais, praças, sociedade, possamos fazer uma segurança pública, conforme diz a própria constituição: Segurança Pública, Direito e responsabilidade de todos”, ressaltou.  
Dentre os futuros oficiais estão quatro camocinense que ingressaram na PM como soldados do Ronda do Quarteirão lotados em Camocim, são eles: J. Santos, Fernandes, Paulo Hildo e L. Júnior.
Todos os cursos seguiram a matriz curricular preconizada pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP/MJ) e incluiu temáticas variadas como: Sistema de Segurança pública no Brasil, Direitos Humanos, Atendimento Pré-hospitalar, Conhecimentos Jurídicos, Tiro Defensivo, Defesa Pessoal e Policia Comunitária, além dos conhecimentos específicos de cada função. Ao todo, foram 720 horas/aula para delegados e 670 horas/ aula para inspetores e escrivães. Já os futuros oficiais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros cumpriram 2.720 horas/aula, divididos em três semestres.

Fonte: SSPDS

REBELIÃO NA CADEIA DE CAMOCIM: VÍDEO MOSTRA MOMENTO EXATO QUE VÁRIOS DETENTOS SÃO RECAPTURADOS


Vídeo mostra a ação policial na madrugada de sábado, 21, ocasião em que ocorreu a rebelião na cadeia pública de Camocim. No vídeo, vários detentos sendo recapturados.

Camocim Polícia 24h

EM TIANGUÁ, ASSALTANTE MORRE E OUTRO FICA FERIDO EM TROCA DE TIROS COM A POLICIA MILITAR

Assaltante morto
Na noite deste sábado (21), por volta das 20h00, próximo o Motel Ele & Ela, as margens da BR 222, em Tianguá, dois indivíduos, assaltaram um senhor de 54 anos e levaram sua moto Honda Bros, ano 2012, de cor laranja, placa OHY-1158. A Polícia Militar fez diligências e por volta das 03h00 da madrugada de domingo (22), os assaltantes foram localizados conduzindo a moto roubada. Ao avistarem o policiamento, o garupeiro passou a atirar contra os policiais. Os PMs revidaram e conseguiram atingir com um tiro na perna um dos assaltantes identificado como José Nilson Pereira Martins, 20 anos, natural de Sobral e residente em Tianguá. O outro conseguiu fugir. O indivíduo atingido foi preso e socorrido ao Hospital Madalena Nunes, em seguida iniciou-se as buscas ao segundo assaltante. 

José Nilson Pereira Martins
Por volta das 06h30 da manhã a moto roubada foi encontrada abandonada no bairro do Ceasa. Nesse momento José Nilson, que já estava preso, informou que o seu comparsa estaria escondido na casa dele, localizada nas proximidades do Posto de combustíveis Beta, perto da CE que dá acesso a Viçosa. Ao chegar no local, o Policiamento foi recebido a bala pelo segundo assaltante, identificado pelo apelido de “Capital”, o qual efetuou vários disparos contra os Policiais que revidaram e atingiram o indivíduo, que ainda foi socorrido ao hospital Madalena Nunes, porém, veio a óbito. “Capital” foi identificado como Marcelo Vieira da Costa, 23 anos, sendo o revólver do assaltante (calibre 38), apreendido. O outro indivíduo, José Nilson, foi  conduzido para a Delegacia Regional de Tianguá, onde foi apresentados ao Delegado Dr. Márcio, e autuado por tentativa de homicídio e roubo.
A ação foi desencadeada num trabalho em conjunto entre os PMs do Ronda do Quarteirão e Força Tática de Tianguá, que estão de parabéns pela ação bem sucedida.


Fonte: Ibiapaba 24 horas

CRISE NO SISTEMA PENITENCIÁRIO: DOS CINCO DETENTOS ENCONTRADOS MORTOS, TRÊS MORRERAM CARBONIZADOS

Os corpos foram encontrados após uma rebelião

Três internos da Unidade Prisional Desembargador Adalberto de Oliveira Barros Leal (Carrapicho), em Caucaia, foram encontrados mortos carbonizados na manhã deste domingo (22). A informação foi confirmada pela Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado (Sejus). Os corpos foram encontrados logo após uma rebelião.
Com as três mortes, chega a cinco o número de detentos mortos neste fim de semana. Os outros dois presos foram assassinados durante rebelião nos presídios do município de Itaitinga, Região Metropolitana de Fortaleza. A Perícia Forense fará exame de DNA para identificar os os detentos. A visitação de famílias, prevista para acontecer ainda pela manhã, chegou a ser suspensa.


Conforme a pasta, os conflitos entre os próprios internos resultaram nas mortes de Roberto Bruno Agostinho da Silva, 23, respondia por homicídio; Rian Pereira Paz, 33, respondia por tráfico de drogas; e Daniel de Sousa Oliveira, 22, respondia por homicídio e latrocínio. A situação teve intervenção da polícia e foi contida ainda pela manhã. 
No início da tarde, internos da Unidade Prisional Agente Luciano Andrade Lima (CPPL1) iniciou uma nova rebelião. De acordo com a secretaria, às 17h40, policiais e agentes penitenciários dos grupos especializados conseguiram conter a situação.

Fonte: DN
Fotos: Whatsapp do Camocim Polícia 24h

POLICIAIS MILITARES DE CAMOCIM PASSAM POR CAPACITAÇÃO E INTEGRARÃO O BATALHÃO DE DIVISAS


A Academia Estadual de Segurança Pública do Ceará (AESP/CE) realizou, na manhã de sexta-feira (20), o encerramento do Curso de Policiamento de Divisas (CPD/2016). Agora, são mais trinta e sete policiais habilitados para atuar no Batalhão de Divisas da Polícia Militar, operando em ocorrências de combate ao tráfico de drogas, armas e ações contra bancos nos municípios localizados nas divisas  do Estado do Ceará. 
Dentre os 37 formandos estão O4 policiais lotados na 3ºCia/3ºBPM de Camocim, são eles: Sgt De Paula, Sds Joelmo, Diógenes e Farias. Os quatros pm's serão convocados posteriormente para integrarem o Batalhão de Divisas.

Na sequência: Sd Joelmo, Sgt De Paula, Sd Diógenes e Sd Farias
O Curso de Policiamento de Divisas teve duração de cinco semanas e cumpriu uma grade curricular de 184 horas/aula. Neste período, os policiais participaram de aulas teóricas e práticas de atendimento pré-hospitalar, direitos humanos, identificação e abordagem veicular, perícia básica de acidente de trânsito, tiro policial, identificação de material explosivo, armamento e equipamento, patrulha policial rural, instrução tática individual, noções de gerenciamento de crises e treinamento físico militar. Esta é a terceira edição do curso de policiamento de divisas, desde o ano passado mais de 200 profissionais foram capacitados pela AESP para reforçar a segurança das fronteiras do Ceará com outros estados.

Fonte: SSPDS

REBELIÃO NA CADEIA DE CAMOCIM: VEJA AS FOTOS E NOMES DE ALGUNS DOS FORAGIDOS.

Em ordem de cima para baixo: Juninho, Lica, Davi, Jeférson, Ezequiel, Pará, Farofa, Felipe Febém, Gato e Natan
Veja a lista com o nome de doze dos muitos foragidos da cadeia pública. O administrador da cadeia não sabe ao certo quantos presos estão soltos pela cidade. A cadeia continua o caos, impossível de manter a segurança.
  1. Francisco Wellington da Costa Júnior, vulgo "Juninho"
  2. Francisco Diãoweynes do Nascimento, vulgo “Farofa”
  3. Rafael Milton do Nascimento, vulgo "Sobral" (sem foto)
  4. Jeferson Antonio Pereira Braga, vulgo “Jeferson”
  5. Erivando da Cunha Rocha, vulgo "Lica"
  6. Francisco Davi do Prado, vulgo "Davi"
  7. Ezequiel Pereira da Silva;
  8. Felipe Rocha do Nascimento, vulgo "Febem"
  9. Josemias Cruz do Nascimento Júnior, vulgo "Pará"
  10. Marcelino Gomes Alves, vulgo "Gato"
  11. Natan Ferreira Lima, vulgo "Natan"  
  12. Roberto dos Santos Cavalcante, vulgo "Roberto". (sem foto)
Atualizando: Por volta das 23h30 de domingo, 22, houve mais fugas na cadeia pública. Como já informamos, após a rebelião os presos estão todos soltos no pátio da cadeia, já que as celas estão todas danificadas. Desta vez os pm's evitaram mais uma fuga em massa, contudo cerca de cinco detentos ainda conseguiram fugir. 

Camocim Polícia 24h