VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

sexta-feira, 25 de março de 2016

TRÁGICO ACIDENTE MATA SOLDADO DA PM E MULHER NA BR 020, EM CAUCAIA.

Casal foi arremessado para fora de veículo

Um policial militar e uma mulher morreram, na manhã desta sexta-feira (25), após uma colisão na rodovia BR-020, em Caucaia, na Região Metropolitana de fortaleza (RMF).
De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o soldado Eduardo Alexandre Araújo Sousa colidiu o veículo que conduzia, um Fiat Siena, contra uma caminhonete Toyota Hilux. Ele e a mulher foram sacados para fora do veículo e não sobreviveram.
De acordo com a PRF, já chegou a quatro o número de mortos nas estradas durante o feriado. Ano passado, de quinta-feira santa ao domingo de Páscoa, haviam sido apenas duas vítimas.

Fonte: DN

DETENTO FOI ESPANCADO ATÉ A MORTE E QUEIMADO EM UMA DAS CELAS DA PENITENCIÁRIA DE JUAZEIRO DO NORTE

Um homicídio foi registrado por volta das duas horas da madrugada de quinta-feira em uma das celas da Penitenciária Industrial e Regional do Cariri (PIRC) em Juazeiro se constituindo no 10º assassinato do mês de março e 30º do ano no município. Antonio Olavo Rodrigues da Silva, de 33 anos, o "Bin Laden" era de Crateús e morou algum tempo em Quixadá o qual respondia por roubos e furtos e era suspeito de envolvimento em homicídios. Ele estava numa cela com 32 detentos e foi lesionado com golpes de cossoco e pauladas até a morte e ainda queimado com o próprio colchão.
O rabecão esteve na penitenciária e recolheu o corpo para ser necropsiado no IML, enquanto a polícia levou um dos suspeitos Antonio Flávio Pereira da Costa, o "Fafá" para a 20ª Delegacia Regional de Polícia Civil. As informações são de que Antonio já tinha se envolvido em vários conflitos no cárcere e detinha algumas rixas. Ele era menor quando foi apreendido pela primeira vez em Crateús por roubo. Idêntico crime voltou a praticar em 2010 já em Juazeiro após conquistar o semi aberto, passando a morar na Rua São Lázaro (Triângulo), sendo o último deles um furto em janeiro de 2014.