sexta-feira, 15 de maio de 2020

DE CORTAR O CORAÇÃO!!! MENINA QUE TROCA MÁSCARA POR COMIDA NO RJ GERA COMOÇÃO


Família da jovem passa por dificuldades após mãe ficar sem emprego em razão da pandemia. 

A foto de uma menina com um cartaz que diz: “Troco uma máscara por um alimento”, comoveu as redes sociais e estimulou, na prática, a solidariedade em prol dos que perderam suas rendas diante do difícil momento causado pela pandemia de Covid-19, e o consequente fechamento da economia. 
A criança da imagem estava em um sinal de trânsito no cruzamento da Avenida Salvador Allende, no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio. A jovem que segura o cartaz tem apenas nove anos, já a mãe, que está sempre ao lado dela, tem três filhos e está desempregada. 
– No primeiro dia, fiquei envergonhada. Fiquei com medo da reação das pessoas de querer me criticar – disse a mãe. 
Na quarta-feira (13), as duas saíram de casa, que fica na comunidade de Antares, Zona Oeste do Rio, e foram para o sinal por volta das 6h30. O pedido é por algo que tem faltado na mesa de muita gente diante da crise: comida. 


Antes da pandemia, a mãe trabalhava como vendedora de picolé e diarista, quando ficou sem serviço. Ela então começou a vender doces no sinal e, para a surpresa dela, a filha pediu para acompanhá-la. 
– Minha mãe é trabalhadora. Trabalha em todo lugar. Faxina. Na praia. Vi ela fazendo isso e decidi fazer com ela também pra ver se a gente ganha um trocado – relatou a menina. 
Apesar do momento difícil pelo qual a família passa, muitas pessoas se solidarizaram, motivadas principalmente pelas fotos que foram parar nas redes sociais. Durante a manhã de quarta, várias pessoas pararam as duas no sinal para ajudá-las. 
– Sem explicação para tudo isso que está acontecendo. Agradeço a Deus e às pessoas que estão colaborando, ajudando – completa. 

Via Pleno News 

2 comentários:

Anônimo disse...

Isolamento vertical,.
Bolsonaro tem razão.

Anônimo disse...

Sei que é importante ter e manter os cuidados para que não se contraia a doença,mas se não tiver providências e medidas cabiveis para com segurança e cuidados ,as pessoas voltarem ao trabalho vai ser uma onda de morte pela fome miseria e violencia.E assim não haverá mais nada a fazer.