domingo, 13 de janeiro de 2019

EM CAMOCIM, MULHER DE 40 ANOS MORRE VÍTIMA DE ATAQUE FULMINANTE EM NOITE DE LAZER COM FAMILIARES E AMIGOS

Um triste fato aconteceu durante a noite de sábado, 12, aqui em Camocim. Era por volta das 22h quando a Sra. Valdirene Bezerra dos Santos, carinhosamente conhecida como Val, 40 anos, veio a óbito vítima de um ataque fulminante (parada cardíaca). De acordo com as informações repassadas ao Camocim Polícia 24h, a vítima estava em uma noite de lazer no Restaurante Fortim do Evan com familiares e amigos quando "do nada" desmaiou. Um genro da vítima que também estava no local socorreu a mesma para a UPA, no entanto, ela já teria dado entrada em óbito. De acordo com um dos funcionários da unidade de saúde, a equipe médica passou cerca de uma hora tentando reanima-la mais infelizmente não foi possível salvar sua vida. Val residia na Rua Paissandu, próximo ao Galeto do Perninha, bairro Centro e trabalhava em seu salão de beleza no mesmo endereço. O velório será realizado em seu endereço, Rua Paissandu, Centro. O sepultamento ocorrerá neste domingo (13), às 16h30 no Cemitério Jardim Eterno
Desde já rogamos a Deus para que conforte seus filhos, familiares e amigos neste momento de dor.


Camocim Polícia 24h 

UFC É CONDENADA A PAGAR MAIS DE R$ 16 MIL DE INDENIZAÇÃO A PM QUE FOI IMPEDIDA DE ASSISTIR AULA


Ação foi julgada pelo juiz João Luís Nogueira Matias, titular da 5ª Vara Federal, e cabe recurso

Uma decisão da 5ª Vara da Justiça Federal, proferida no último dia 7, condenou a Universidade Federal do Ceará (UFC) a pagar indenização de mais de R$ 16 mil para uma estudante que é policial militar e foi impedida de assistir aula, em 2014, por estar fardada e armada. A soldado Emanuele Alves havia ingressado com a ação por danos morais em razão do constrangimento sofrido.
A ação foi julgada pelo juiz João Luís Nogueira Matias, titular da 5ª Vara Federal, e cabe recurso. O magistrado determinou, além do pagamento da indenização, que a UFC arque com os honorários do advogado da vítima, que é de 10% sobre o valor da condenação. Ele pede ainda que o Ministério Público seja oficiado para que provoque a universidade a regulamentar a presença de alunos policiais e militares em suas dependências.
No Facebook, a policial militar agradeceu o apoio de todos e disse que a Justiça foi feita. “Em setembro de 2014, fui impedida pela diretora do Centro de Humanidades I da UFC de assistir aula por que eu sou Soldado da Polícia Militar do Ceará e estava vestida com a farda desta gloriosa Instituição.  Este mês, o Juiz da 5° Vara Federal constatou que a UFC tem a obrigação de reparação por dano moral diante do ato ilícito. Justiça feita, agora quero agradecer”, escreveu na última segunda-feira (11).
Procurada pela reportagem, a UFC afirma que ainda não recebeu a informação oficialmente. 

Entenda o caso

A policial militar era aluna do curso de Letras e foi impedida de assistir aula no dia 2 de setembro de 2014, no Centro de Humanidades I, no Benfica. Na ocasião, a soldado, que era lotada no Ronda do Quarteirão, foi conduzida por seguranças da instituição de ensino até a coordenação por estar usando a farda da corporação.
Na coordenação, Emanuele foi informada que deveria deixar o campus. Enquanto era conduzida pelos seguranças, a policial teria sido hostilizada pelos estudantes. A UFC disse, na época, que a aluna poderia assistir aula “normalmente” desde que não estivesse armada e ofereceu que ela guardasse o armamento no cofre da segurança. 

Fonte: DN

NOTA DE FALECIMENTO DE MARIA DA CONCEIÇÃO DA SILVA MOTA (MARIA MERUOCA)

Faleceu em decorrências de problemas de saúde durante a noite de sábado, 12, por volta das 20h, em Camocim, a senhora Maria da Conceição da Silva Mota, de 76 anos, carinhosamente conhecida como Maria Meruoca.
O corpo está sendo velado no Centro de Convivência do Idoso, antigo CSU. O sepultamento ocorrerá às 16h30 deste domingo, 13, no Cemitério São José.
Os familiares convidam parentes e amigos para o seu sepultamento e desde já agradecem por este ato de amizade e solidariedade.

Camocim Polícia 24h