sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

ACUSADO DE ASSASSINAR PM NO CEARÁ É CONDENADO A 21 ANOS DE PRISÃO

A juíza Jacinta Inamar Franco Mota, titular da 13ª Vara Criminal do Fórum Clóvis Beviláqua, condenou o réu Clailton de Sousa Ferreira a 21 anos de prisão por latrocínio (roubo seguido de morte) contra o policial militar Ezequias de Ávila Marinho. A pena deve ser cumprida em regime fechado, e o réu não poderá apelar em liberdade. A sentença foi publicada na edição do Diário da Justiça Eletrônio desta quarta-feira (8).

 De acordo com denúncia do Ministério Público Estadual (MP-CE), o crime ocorreu em 28 de dezembro de 2012, por volta das 16h, na rua 15 do Bairro Jardim Fluminense, em Fortaleza. O acusado, juntamente com um adolescente de 17 anos na época do fato, abordaram o PM e roubaram a sua mochila. O MP pediu a condenação do réu por latrocínio (roubo seguido de morte) e corrupção de menor. Na defesa, Clailton de Sousa confirmou a participação no crime, mas negou ter atirado.

Segundo a polícia, Ezequias Ávila Marinho estacionava a motocicleta quando foi abordado por dois homens em uma bicicleta. O PM, que estava de folga, reagiu ao assalto e foi atingido por três tiros. Os acusados fugiram a pé,levando a arma e os documentos do policial. Ezequias Ávila chegou a ser a ser levado para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

Fonte: G1CE

Um comentário:

Anônimo disse...

Deixem ele solto q é melhor, pode deixar q a gente cuida dele bem direitinho sra juiza, com certeza vamos rezar muito prá ele.