quarta-feira, 21 de agosto de 2013

MULHERES PRESAS AO TENTAR “SAIDINHA BANCÁRIA”


As duas acusadas eram integrantes de um bando formado também por um adolescente e um homem de 22 anos

Um bando especializado em assaltos do tipo saidinha bancária, foi desarticulado e preso, na tarde de ontem, no Centro da cidade de Pacajus (49Km de Fortaleza). De acordo com a Polícia, cinco pessoas são responsáveis por várias destas ações.


A quadrilha agia principalmente nas cidades de Horizonte e Pacajus, na Região Metropolitana de Fortaleza, mas também na Capital, nos bairros Messejana, Cidade dos Funcionários e Aldeota. Segundo o delegado titular da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), Romério Almeida, nesta semana o grupo praticou três ´saidinhas´ na Capital.

Maria Leomara Pessoa, 33; e Irisneide Castro Barreto, 28, foram presas nas proximidades de um banco, na cidade de Pacajus. Elas estavam aguardando o momento certo para assaltar um cliente que havia sacado cerca de R$ 15 mil fotos: divulgação

Conforme a equipe de moto-patrulhamento da Força Tática de Apoio (FTA) da 2ªCia do 15ºBPM (Eusébio), os criminosos estavam sendo investigados pela Coordenadoria de Inteligência (Coin), que flagrou uma ação deles, ontem. O soldado Wagner Silva, que participou da prisão, disse que a quadrilha ia agir novamente, quando a Polícia chegou à Rua Cônego Eduardo Araripe, em Pacajus, onde fica uma agência do Bradesco.

Uma das detidas, Maria Leomara Pessoa, 33, estava na companhia de um adolescente de 16 anos, em um automóvel Agile, onde foi encontrado um revólver calibre 38 com cinco cartuchos. Um pouco à frente dali, foi capturada Irisneide Castro Barreto, 28, em um Corsa Classic. Segundo a Polícia, as duas mulheres e os comparsas iam assaltar um cliente que sacou cerca de R$ 15 mil na agência. .

"As duas mulheres atuavam dentro das agências como ´olheiras´. Quando elas constatavam alguém sacando altos valores, avisavam ao adolescente que sempre portava a arma e abordava as vítimas na rua", afirmou Wagner Silva.

Fugiu

Outro suspeito de participar da quadrilha, Efrain Gomes de Oliveira, 22, que dava apoio à ação dos comparsas, utilizando uma moto modelo Bros, preta, conseguiu fugir. Ele é suspeito de dar fuga ao menor depois dos roubos. Efrain já é processado por formação de quadrilha e roubo. As duas mulheres foram autuadas em flagrante na DRF.

MÁRCIA FEITOSAREPÓRTER 


FONTE: DN





Nenhum comentário: