segunda-feira, 1 de abril de 2013

BALANÇO PARCIAL: FERIADÃO REGISTRA 32 ASSASSINATOS.

O plantão da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) registrou 32 casos de homicídios na Capital e sua região metropolitana entre a quinta-feira santa e a noite do Domingo de Páscoa. Nos quatro dias, também foram apreendidas, nada menos, que 42 armas de fogo. Quatro quadrilhas foram desarticuladas.

Durante o feriadão, o dia considerado mais violento pelas autoridades policiais foi exatamente a Sexta-Feira Santa, quando a Polícia registrou 15 casos de homicídios na Grande Fortaleza.
Os assassinatos ocorreram nos seguintes locais, Quintino Cunha, Sapiranga, Alto da Balança, Mondubim, Barra do Ceará, Granja Lisboa, Pici, Barroso II, Alto Alegre II (Maracanaú), Pirambu, Conjunto Jereissati I (Maracanaú), Bom Jardim e no bairro Padre Andrade.

Crimes

Na quinta-feira, ocorreram cinco homicídios (nos bairros Barroso II, Conjunto Tancredo Neves, Jurema e em Itaitinga).

No Sábado de Aleluia, foram contabilizados sete casos de assassinato, no Conjunto São Cristóvão, Barra do Ceará, Vila Manuel Sátiro, Canindezinho, São João do Tauape, Maraponga e no Conjunto Jereissati II, no Município de Maracanaú.

Vítimas

Entre as pessoas mortas no período, estão três adolescentes e duas mulheres. Uma delas era a operadora de televendas Maria Ney Honorato Moura, que foi morta com um tiro no peito na Travessa Santa Inês, no Pirambu, na tarde de Sexta-Feira Santa. Segundo apurou a Polícia, ela foi atingida por uma bala perdida quando saía de casa para ir comprar cigarros em uma mercearia próxima. Naquele hora ocorreu um tiroteio entre bandidos e a mulher foi atingida.

Um duplo homicídio ocorreu no Bom Jardim e, na Barra do Ceará, um adolescente foi morto a tiro e teve seu corpo jogado no lixo. Das 32 pessoas mortas no feriadão na RMF, apenas uma não foi ainda identificada. 

Fonte: DN
Foto: Kléber Gonçalves

Nenhum comentário: