terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

"PIRATAS DO MUCURIPE": IATE SAQUEADO POR DUAS QUADRILHAS.


Embarcação estava na enseada do Mucuripe e foi invadida por 15 bandidos. Os tripulantes viraram reféns no iate.

Cerca de 15 bandidos, de dois grupos diferentes, assaltaram, na madrugada de ontem, os seis tripulantes do iate ´Atlantis´, que estava ancorado na enseada do Mucuripe, nesta Capital. As vítimas foram amarradas pelos integrantes do primeiro bando a chegar à embarcação, formado por sete homens, quando apareceu a outra quadrilha.

Juntos, os ladrões roubaram cerca de US$ 5 mil, diversos pertences como joias, celulares e computadores, e, ainda, destruíram os equipamentos eletrônicos de comunicação do iate, para impedir que as autoridades fossem avisadas.
O comandante da embarcação, Edson Quaglio, contou que houve uma discussão acirrada, entre os integrantes dos dois bandos. Ele disse que os membros do segundo bando tinham chegado ao iate nadando.

Armados

"Os primeiros nos abordaram em duas embarcações", relatou. Sobre a discussão entre os bandidos, pelo que as vítimas ouviram, foi pelo controle da situação. Os assaltantes portavam armas curtas, provavelmente pistolas e revólveres.

Após fazerem a "limpeza" na embarcação, os ´piratas´ ordenaram que os tripulantes do iate só chamassem a Polícia após duas horas. Eles deixaram uma faca no local e disseram aos reféns que dessem um jeito de pegar a arma e se soltarem. Na fuga, os bandidos não perceberam um celular por satélite na embarcação e foi com este equipamento que os reféns conseguiram avisar a Polícia o que tinha ocorrido.

O ´Atlantis´ havia zarpado do Porto de Guarujá, no litoral de São Paulo, no último dia 4, com destino ao Caribe. Conforme a tripulação, o barco fez escala em Vitória (ES) e Recife (PE). A parada seguinte seria em São Luís, no Maranhão, mas um problema no motor fez com que o comandante decidisse pela escala na capital cearense para a realização dos reparos.

Os tripulantes compareceram ao 34º (Centro), onde foi registrado o Boletim de Ocorrência (B.O.). A perícia constatou machas de sangue no iate. Um dos ladrões pode estar ferido.

FERNANDO BARBOSA/REPÓRTER
Foto: Alex Costa

Nenhum comentário: