VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

terça-feira, 20 de junho de 2017

VIOLÊNCIA EM SOBRAL: 49 HOMICÍDIOS EM SEIS MESES

Em Sobral, somente nos seis primeiros meses de 2017 já foram registrados 49 homicídios dolosos. A maioria dos crimes foram praticados através de arma de fogo. Um homicídio foi registrado por meio de espancamento no interior da cadeia pública, cinco homicídios foram cometidos por meio de arma branca (faca) e 42 duas pessoas foram praticados a bala. De acordo com levantamento feito por nossa reportagem, a maioria dos crimes está ligado ao tráfico de drogas e vinganças, sendo que as idades das vítimas gira em torno de 15 a 25 anos.
A reportagem do Sobral na Mídia também apurou que entre os casos de crimes contra a vida, também foram registrados crimes de latrocínio (assalto seguido de morte) como o caso do vigilante da escola da NOELIA, conhecido por Marquinhos, que foi executado dentro da escola. Um cidadão foi executado na sexta-feira, dia 16/06, na Av. José Ermirio de Morais, onde os bandidos mataram a bala um cidadão da Paraíba, que trabalhava em uma empresa prestadora serviço para a fábrica de cimento (Votorantim). O último homicídio aconteceu nesta segunda-feira (19), no bairro Padre Palhano, um jovem foi alvejado e morreu dentro de um salão de beleza.
O mais grave de tudo isso é que a maioria dos crimes está sem as devidas autorias. Nossa reportagem policial é procurada constantemente por famílias que perderam seus entes queridos e lamentavelmente a polícia civil não consegue identificar e prender os autores dos crimes. Os familiares criticam a falta de compromisso para desvendar os casos.
No ano de 2016, Sobral registrou 50 homicídios também relacionados ao tráfico de drogas e brigas entre gangues rivais. O que mais revolta a sociedade e os familiares de todas essas vítimas é que não há resposta quanto a autoria dos crimes.

Fonte: Sobral na Mídia - Olivando Alves

Um comentário:

Anônimo disse...

Já subiu pra 51.