VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

sábado, 18 de março de 2017

POLICIAL MILITAR CAMOCINENSE É EXECUTADO A BALA DENTRO DE CASA EM CAUCAIA

PM assassinado
Cabo da PM foi morto a tiros por três criminosos em Caucaia. Subiu para quatro o número de policiais militares mortos neste ano.

Um policial militar foi assassinado neste sábado (18), no Bairro Nova Metrópole, em Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza. De acordo com policiais da Delegacia Municipal de Caucaia, o cabo Luiz Carlos Ribeiro de Araújo, 49 anos, foi morto a tiros dentro do sítio onde morava. O policial era filho de Camocim e residiu por muito tempo na localidade de Pereiro, zona rural do município.
A vítima estava dentro do terreno, na parte externa da casa. Três criminosos invadiram o local e atiraram no PM. Ele ainda tentou reagir, mas acabou sendo atingido novamente por, pelo menos, dois disparos, segundo informou a polícia.
O policial militar ainda chegou a ser levado a um hospital de Caucaia, onde recebeu atendimento médico de urgência. Uma aeronave da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) foi acionada para tentar transferir o PM para o Instituto Dr. José Frota (IJF), mas o agente sofreu uma parada cardíaca e morreu.
Equipes da Polícia Militar de Caucaia foram acionadas para realizar buscas na região na tentativa de prender os criminosos. No entanto, até esta publicação, nenhum dos envolvidos no assassinato havia sido preso.

Veja a reportagem da TV Verdes Mares sobre o crime:

video

Uma mulher que mora próximo ao PM, que preferiu não se identificar, disse que o policial estava de licença médica. Ela disse que o policial havia discutido recentemente com um homem envolvido com tráfico de drogas no bairro e o suspeito ameaçou o policial.
A Delegacia de Caucaia informou que as investigações acerca da morte foram iniciadas pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O caso deve ser repassado posteriormente para a Delegacia do Nova Metrópole. A polícia descartou a possibilidade de tentativa de assalto e suspeita que o cabo Luiz Carlos tenha sido executado.

Violência

Com a morte do cabo, subiu para quatro o número de policiais mortos neste ano no Ceará. O mais recente caso havia ocorrido no dia 5 de março, quando um sargento foi executado com seis tiros no Bairro José Walter.

Fonte: G1Ce

3 comentários:

Anônimo disse...

que moral esses guerreiros tem perante os bandidos, cade os direitos humano ne

René disse...

Quem entra pra pm, ou qq outro orgao de segurança não pode ficar um segundo de bobeira. tem que ta ligado direto. nao pode vacilar pra esses vermes.

Anônimo disse...

Respondo: direitos dos manos, estão aguardando os bandidos caírem para arrumarem assistência, médica, odontológica, advogados, salários para a família, alimentos, etc.. Só prestam pra isso mesmo!!!