VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

sexta-feira, 10 de junho de 2016

EM CAMOCIM, JUIZ CONDENA TRIO DE FORTALEZA ACUSADO DE ROUBO A 12, 10 E 08 ANOS DE CADEIA CADA UM.

Guilherme, André e Taisson, acusados de praticar assalto
O Poder Judiciário em Camocim acolheu os pedidos formulados pelo Ministério Público e condenou três indivíduos em razão da prática de roubo praticado em grupo e com emprego de uma faca contra três turistas que estavam na Ilha do Amor no carnaval de 2015.
Segundo a denúncia do MP, por volta das 11h00 da manhã do dia 13 de fevereiro de 2015, os três acusados com emprego de faca, praticaram dois assaltos em três turistas que estavam a passeio pel Ilha do Amor, em Camocim.
Em detalhes, restou provado que o acusado André Luis abordou a vítima katicilene, empregando uma faca em seu pescoço, subtraindo seu aparelho celular, enquanto o acusado Guilherme abordou a vítima Sadi Ribeiro e subtraiu o dinheiro, sendo a ação toda acompanhada pelo acusado Taisson, que ficou mais a frente, mas próximo, evitando a fuga das vítimas e alertando os comparsas sobre eventuais riscos. Relembre a matéria AQUI.

Mediante os fatos, o Juiz da Comarca da 2ª Vara, Dr. Antônio Washington Frota, condenou os três acusados no regime fechado nos seguinte termos:
"Assim sendo, com base na fundamentação supra, julgo por sentença, procedente a denúncia de fls. 02/12, para o fim de condenar os acusados André Luis Oliveira de Sousa em 10 (dez) anos, 8 (oito) meses e 10 (dez) dias de reclusão e a pena de multa em 168 (cento e sessenta e oito) dias-multa, correspondente a R$ 4.412,80. O acusado Guilherme Barbosa dos Santos em 12 (doze) anos e 10 (dez) meses de reclusão e a pena de multa de 202 (duzentos e dois) dias-multa, correspondente a R$ 5.305,87. Já o acusado Taisson Silva Feioso foi condenado a 8 (oito) anos, 6 (seis) meses e 20 (vinte) dias de reclusão e a pena de multa de 134 (cento e trinta e quatro) dias-multa, correspondente a R$ 3.519,73, calculados à razão de 1/30 (um trigésimo) do salário mínimo vigente ao tempo do fato, acrescidas de correção monetária desde a data do fato, pela prática do delito tipificado no art. 157, §2º, incisos I e II, do Código Penal Brasileiro, por duas vezes em continuidade delitiva, na forma do art. 71 do mesmo diploma legal."
Os réus condenados estão presos desde a data do crime, em 13/02/2015, e tiveram o direito de recorrer da sentença em liberdade negado pelo magistrado.
Os dados foram extraídos do processo Nº 9965-73.2015.8.06.0053/0, merecendo destaque que a Constituição Federal reputa inocente todo aquele que, embora condenado, não tenha contra si o trânsito em julgado da ação penal.

Camocim Polícia 24h
Com informações da 2ª Vara da Comarca de Camocim.

SARGENTO DA PM É MORTO A TIROS EM JUAZEIRO DO NORTE. ACUSADO JÁ ESTÁ PRESO.

O Sargento reformado da Polícia Militar, José Farias do Nascimento, de 72 anos, foi executado a tiros de revólver por volta das 09h30min desta sexta-feira dentro de um estabelecimento comercial em Juazeiro do Norte. O Sargento Farias trabalhou como taxista na Praça Padre Cícero e tinha sido afastado da atividade por uma decisão da entidade que congrega a categoria em virtude de alguns conflitos. “Zé Taxista”, como era conhecido não percebeu que estava sendo seguido por seu algoz enquanto dirigia sua pick up Ford Courier de cor preta. O sargento reformado parou na Rua São Paulo e adentrou o estabelecimento Baiano das Baterias que funciona no número 2.416 no bairro Santa Tereza como se fora comprar algo. O acusado fez o mesmo e, dentro do imóvel, sacou um revólver e começou a atirar na cabeça da vítima pelas costas atingindo-a com três tiros. O ex-policial militar morava na Rua Santa Clara no bairro Salesianos e ainda tentou correr, mas não deu tombando morto na porta da loja, enquanto o assassinou fugiu em alta velocidade numa moto Honda Bros de cor preta e sem placa. A polícia esteve no local e ainda diligenciou sem o êxito de localizar o autor dos disparos. O corpo do Sargento Farias foi levado para necropsia no IML (Instituto Médico Legal) logo a pericia feita na área por Antonio Barbosa. Foi o sexto homicídio do mês de junho em Juazeiro e o 62º do ano no município. O último aconteceu no final da noite desta quinta-feira tendo como vítima o morador de rua Cícero Neco da Silva, de 42 anos. O crime aconteceu na Avenida Padre Cícero, em frente ao número 1693, no bairro Salesianos e teve como autor outro morador de rua Claison Domingos dos Santos, de 24 anos, o “Kaká” que está preso. Cícero foi morto com três facadas no pescoço e os dois já tinham passagens pela polícia.

VENDE-SE DOIS TERRENOS


Vende-se dois terrenos. O primeiro tem as dimensões de 20m x 200m, localizado um pouco depois do Posto K, na CE-085. Preço promocional de apenas R$ 20 mil. Aproveite esta oportunidade!

O segundo terreno mede 20m x 40m e está localizado na Baixa do Major, na beira do asfalto da CE-085, próximo à antiga Churrascaria da Dôra, perfeito para um pequeno sítio. O terreno está avaliado em 15 mil reais, porém, por motivo de saúde, o proprietário resolveu vender somente por R$ 08 mil. 

Camocim Polícia 24h

EM CAMOCIM, JUSTIÇA CONDENA A SEIS ANOS E MEIO ACUSADO DE ROUBO.

Acusado
O Poder Judiciário em Camocim acolheu integralmente os pedidos formulados pelo Ministério Público e condenou homem em razão da prática de roubo qualificado e corrupção de adolescente.
Segundo a denúncia do Ministério Público sobre o acusado, no dia 27 de setembro de 2015, por volta das 15h00, o acusado armado com um facão e acompanhado com um adolescente usou de grave ameaça para assaltar de uma vítima a quantia de R$ 150,00. Relembre a matéria AQUI
O acusado Josemias Cruz do Nascimento Junior, 18 anos, o “Pará”, por ser primário, menos de 21 anos e ter confessado o delito, foi condenado no regime semiaberto pelo Juiz da Comarca da 2ª Vara, Dr. Antônio Washington Frota, nos seguintes termos:"
Assim sendo, com base na fundamentação supra, julgo por sentença, procedente em parte a denúncia, para o fim de condenar o acusado Josemias Cruz do Nascimento Junior, pela prática dos delitos tipificados no art. 157, §2º, incisos I e II, do Código Penal Brasileiro e art. 244-B da Lei n. 8.069/90, aplicando-lhe a pena privativa de liberdade de 6 (seis) anos, 6 (seis) meses e 20 (vinte) dias de reclusão e a pena de multa em 13 (treze) dias-multa, fixada no mínimo legal, calculados à razão de 1/30 (um trigésimo) do salário mínimo vigente ao tempo do fato, correspondente a R$ 380,00 (trezentos e oitenta) reais."
O réu condenado está preso desde a data do crime, em 27/09/2015, e teve o direito de recorrer da sentença em liberdade negado pelo magistrado.
Os dados foram extraídos do processo Nº 11877-08.2015.8.06.0053/0, merecendo destaque que a Constituição Federal reputa inocente todo aquele que, embora condenado, não tenha contra si o trânsito em julgado da ação penal.

Camocim Polícia 24h
Com informações da 2ª Vara da Justiça de Camocim

CAMINHADA EM COMEMORAÇÃO AO DIA DO EVANGÉLICO SERÁ REALIZADA EM CAMOCIM


A Caminhada em comemoração ao dia do Evangélico em Camocim Será neste sábado, dia 11. A concentração será a partir das 15h no Posto Siena, com saída as 16h00. Percorrendo várias ruas e bairros da cidade, proclamando o Reino de Deus sobre Camocim e orando para que haja ordem e progresso sobre a cidade. A chegada será na Avenida Beira Mar, na Pracinha do Amor, onde em seguida haverá várias apresentações e um culto finalizando a programação.

Via Revista Camocim

EM CAMOCIM, POLÍCIA MILITAR RECAPTURA MAIS UM FORAGIDO DA CADEIA PÚBLICA

Babilônia
Graças a uma denúncia feita aos policiais militares da FTM um foragido da cadeia pública de Camocim foi recapturado.
Durante a manhã de quinta-feira, 09, uma pessoa procurou os pm’s da FTM e denunciou que um indivíduo conhecido como “Babilônia”, foragido da cadeia de Camocim, estava ameaçando matar um menor que teria lhe “dedurado” sobre um assalto ocorrido a cerca de dois meses praticados por eles e outro adulto. Segundo nos repassou a polícia, o indivíduo queria se vingar do menor.
Com as informações em mãos os pm’s passaram a procura-lo e por volta de 13h00 o encontraram em sua residência na Rua Paissandu, bairro Praia. Trata-se de Dheimison  Silva Oliveira, 18 anos, conhecido como “Babilônia” ou “Dheimison”. O indivíduo havia fugido da cadeia pública aproveitando-se da desordem e a bagunça que tomou conta da cadeia pública por conta da rebelião ocorrida no dia 21 de maio.
Babilônia foi novamente reconduzido à cadeia pública de Camocim.
                                  
Efetuaram a recaptura: Sgt Rivelino, Sds Fernandes e Clênio
Camocim Polícia 24h