VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

terça-feira, 17 de maio de 2016

OFICIAL QUE PRENDEU SEQUESTRADOR DA ASSEMBLEIA É EXONERADO DO SETOR DE INTELIGÊNCIA DA PM.

Fernando Simplício foi preso
Após a descoberta de que um sequestrador e foragido da Justiça pernambucana exercia o cargo de assessor parlamentar na Assembleia Legislativa do Ceará, fato que culminou na sua prisão, o Comando-Geral da Polícia Militar determinou a imediata exoneração do oficial que comandou a operação de captura do bandido.
O tenente-coronel PM Cícero Henrique Bezerra, o “número dois” na Inteligência do Estado-Maior da PM,  foi exonerado de suas funções em ato assinado pelo comandante-geral da PM, coronel Geovani Pinheiro, por ordem direta do governador do Estado, Camilo Santana (PT), sem, sequer comunicação ao secretário da Segurança Pública e Defesa Social, delegado federal Delci Teixeira.

Demitido

A operação de Inteligência comandada pelo tenente-coronel Henrique  resultou na prisão de Fernando Soares Simplício, seqüestrador apontado pela Justiça pernambucana como integrante de uma quadrilha familiar responsável por vários crimes naquele Estado. No Ceará, Fernando e os  “Irmãos Simplício” foram os responsáveis  pelo seqüestro da menina Viviane Tavares, filha de um empresário do ramo de alimentos,  na cidade de Juazeiro do Norte.

Fernando Simplício, ou “Fernando Borel”,  exercia o cargo de assessor parlamentar na Assembleia Legislativa do Estado, lotado no gabinete do deputado Osmar Baquit, atual secretário da Pesca do Estado.  Baquit já se pronunciou sobre o fato e disse ter atendido ao pedido de um correligionário, sem saber que se tratava  de um criminoso foragido da Justiça.

Afastado dos trabalhos de Inteligência, o coronel agora está lotado em um setor burocrático da PM. Mesmo sendo um dos oficiais mais atuantes no combate ao crime, responsável pela desarticulação de várias quadrilhas de ladrões de bancos, sequestradores, homicidas  e traficantes. O ato do Comando-Geral causou uma sensação negativa entre o oficialato da Corporação, que promete reagir. 

Fonte: Fernando Ribeiro

9 comentários:

Anônimo disse...

Belo exemplo governador!

cidadão do bem disse...

Isso é uma verdadeira. Palhaçada. Responda-me onde em nome de Jesus iremos parar. Isso é um Direspeito Grotesco para com os nossos Heróis .

Filho de Jacare disse...

Fora as promocoes por enguanto as coisas do Camilo so ta no Papel.e agindo desta forma tirando o poder de policia dos companheiros da pra notar que continua a mesma situacao do Governo passado.

Anônimo disse...

Isso é revoltante
Meu Deus do céu onde vamos parar ?
Já está bem subtendido de que o deputado acatou o pedido né?

Anônimo disse...

Flavio outro dia fiz um comentário nesse seu blog q diga se de passagem e fantástico. Porem eu não sabia q se quano se apresenta uma possibilidade de solução para um crime no caso as digitais. Eu fosse ser vitimas de chacotas de canalhas q não teem o q fazer. Gostaria de lhe pedir para não postar nada mais q venha a constrangir o comentário de uma pessoa de bem como eu q so tive a intenção de ajudar . Fiquei muito chateado pois respeito e admiro esse blog muito para ser feito de palhaço or comentários q vc aceitou...

J.MarcosM disse...

é inadmissível um oficial ser exonerado, por tirar da sociedade um sequestrador, um paradoxo hiperbólico!
uma operação de inteligência, um ato, talvez de merecimento, levá-lo a uma exoneração pelo Comando-Geral
até onde vamos chegar com essas situações desonrosas?

Anônimo disse...

Sempre digo que certo é errado e o errado é o certo, tai mais uma prova do que sabemos. parabéns ao que mandou e parabéns aos que vivem somente para serem mandados. (Vergonha) sequestrador, traficante, etc...crescendo aínda mais em cima destes que tentam de tudo honrar seu juramento: proteger o cidadão de bem, mesmo arriscando a sua própria vida e aí vem a pergunta? Será que não é melhor proteger bandidos? Pq assim não correm o risco de perder o emprego e irem presos no lugar dos meliantes.

Anônimo Sikva disse...

Como se loca um bandido em um cargo de confiança sem ao menos conhecer quem é ?

Anônimo disse...

Isso é Brasil , punir quem faz o certo. cazuza ainda bem que não convidaram para essa festa pobre. kkkkk poeta vê o futuro.