segunda-feira, 20 de julho de 2015

EM GRANJA, DUPLA ACUSADA DE ASSALTOS EM SÉRIE É CAPTURADA PELA POLÍCIA MILITAR.

Uma dupla de assaltantes foi presa durante a manhã de domingo, 19, por volta das 05h30, sob a acusação de assaltos em série próximo à Ponte Metálica da cidade de Granja. A prisão só foi possível graças a uma denúncia anônima feita ao 190 da cidade.
Rapidamente uma equipe do Ronda do Quarteirão e outra do P.O.G. foram até o local e quando se aproximaram viram dois indivíduos saindo em disparada. Foi feito um cerco e um dos elementos foi logo capturado. Momentos depois os pm’s conseguiram capturar o segundo indivíduo. Eles foram identificados como: Adriano Sousa de Lima, vulgo “Gago”, 18 anos (sem blusa) e Francisco Antônio dos Santos Sousa, 21 anos (blusa azul), ambos residentes na cidade de Granja. Com a dupla os militares apreenderam uma arma de fogo artesanal do tipo garrucha, uma faca e a quantia de R$ 57,00.
Após a prisão da dupla compareceu à delegacia três pessoas que havia sido vítimas dos elementos e diante dos fatos ambos foram levados para a DPC de Camocim onde foi feito flagrante baseado no art.157 do CPB (assalto a mão armada). Os dois já se encontram recolhidos à cadeia pública de Granja.


O Major Artunane Aguiar, comandante da 3ªCia/3ºBPM, ressalta que a Polícia Militar está empenhada em evitar os assaltos tanto na sede como na zona rural do município de Granja, e quando os crimes ocorrem boa parte dos acusados são logo presos.

Efetuaram a prisão:

Ronda do Quarteirão: Sds Reis, Kelton e S. Costa
P.O.G: Cb Gildo, Sds Gledson e Wellinson

Camocim Polícia 24h

3 comentários:

Anônimo disse...

Esses dois vagabundos agiam dirreto perto do armando é perto do motel pode aperta eles q eles falam onde ta as motos q foram roubadas nessa região parabéns os polícias q prenderam

Anônimo disse...

Gago e Antoin gato , a casa caiu , bate de piragueiros . kk , tem que morfar ai na cela , não querem trabalhar . kk

Anônimo disse...

era pra ser assim , se o cara for rehicidente a pena vai dobrar, e assim susecivamente, ai eu queria ver se esses vagabundo não penssava duas vesses antes de cometer outro crime