VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

terça-feira, 19 de agosto de 2014

SUZANE RICHTHOFEN PEDE À JUSTIÇA PARA CONTINUAR PRESA EM REGIME FECHADO.

Após obter autorização judicial para cumprir o restante de sua pena em regime semiaberto, Suzane von Richthofen, 30, voltou atrás e pediu à Justiça para continuar presa em regime fechado. Condenada a 38 anos e seis meses de prisão pela morte dos pais (Marísia e Manfred), em outubro de 2002, Suzane já cumpriu cerca de 12 anos de prisão em regime fechado. Ela está presa em Tremembé, no interior paulista.
A juíza Sueli de Oliveira Armani, da 1ª Vara de Execuções Criminais de Taubaté, ainda não analisou o novo pedido de Suzane. De acordo com a assessoria do Tribunal de Justiça, a manifestação foi feita pela própria condenada, sem intermediação de advogados.

EM CHAVAL, POLÍCIA MILITAR REALIZA VISTORIA NA CADEIA PÚBLICA.


Policiais militares do Destacamento de Chaval receberam uma denúncia anônima dando conta que em uma das celas da cadeia pública havia droga, aparelho celular e armas. 
Diante da denúncia, os pm's e o agente penitenciário da cadeia organizaram uma revista e exatamente às 10h00 da manhã de segunda-feira, 18, começaram as vistorias na cela denunciada. Durante a revista foi encontrado um aparelho celular que estava em um fundo falso de uma garrafa térmica, maconha, estiletes, cossocos, pendrives, etc.
Como nenhum dos presos assumiu ser o dono do material, o agente penitenciário confeccionará relatório e enviará para o juiz de direito responsável pela cadeia.

Participaram da vistoria: Cb Frota, Sds Roberto Luis, Valbério, Targino e Costa.
Camocim Polícia 24h

MENINA DE 13 ANOS É LEVADA PARA ABRIGO AO MATAR AMIGA POR CAUSA DE CALÇA JEANS.

Vítima
Uma menina de 13 anos foi levada para um abrigo por matar a amiga de 16 por causa de uma calça jeans estragada. A jovem foi assassinada pela colega com golpes de faca em Montes Claros, no norte de Minas Gerais.
A garota mais velha, que foi morta, saiu de casa no sábado (16) com uma faca para tirar satisfações com a adolescente. No portão, as duas começaram a discutir.
A mãe da jovem entrou no meio da briga e foi atingida. A menina de 13 anos, então, pegou outra faca e golpeou a amiga, que acabou morrendo.  

VEÍCULO COM QUATRO OCUPANTES CAPOTA ENTRE PARAZINHO E JIJOCA. UMA PESSOA MORREU.



Um trágico acidente envolvendo um veículo Honda Civic ocorrido durante o final da manhã de sábado, 16, deixou o triste saldo de uma pessoa morta e tês feridas. O sinistro ocorreu na CE-085, na localidade de Córrego de Dentro, entre o distrito de Parazinho e o município de Jijoca de Jericoacoara.
Segundo informações repassadas ao blog Camocim Polícia 24h, um Honda Civic com quatro ocupantes vinha da cidade de São Luís-MA e ao passar pela localidade já citada, estourou um dos pneus, fazendo com que o veículo descesse o aterro e capotasse várias vezes. Infelizmente no acidente veio a óbito ainda no local uma babá de 20 anos.

SOLDADO DA PM SE NEGA A DAR ENTREVISTA SOBRE OCORRÊNCIA

Não é raro ver policiais afirmando que deixarão de dar entrevistas a órgãos de imprensa sempre que se sentem injustiçados por alguma emissora ou jornal. Até campanhas nas mídias sociais são feitas visando boicotar um dos “produtos” da imprensa – as informações das ocorrências policiais. O policial do vídeo a seguir levou a sério e tem opinião formada sobre esse entendimento:


 Via Abordagem Policial

TIRINHA POLICIAL

Via Abordagem Policial

MULHER É DETIDA SUSPEITA DE PARTICIPAR DA MORTE DE PM

Uma mulher suspeita de participar do grupo de sete pessoas envolvidas na morte do subtenente da Reserva Remunerada da Polícia Militar e ex-comandante da Guarda Municipal do Eusébio (GME), Francisco Alcimiro da Silveira, foi presa na manhã de ontem, no bairro Parque Havaí, no Município da Região Metropolitana. Dulciana do Carmo Oliveira, a 'Dudu' é suspeita de ter participado diretamente do latrocínio (roubo seguido de morte) do policial. 'Dudu' foi presa, por força de um mandado de prisão preventiva expedido pelo juiz Henrique Botelho Romcy, da 3ª Vara da Comarca do Eusébio. Outras três pessoas, que participaram do fato, já estão recolhidas preventivamente em casas de custódia do Estado.