quarta-feira, 6 de agosto de 2014

POLÊMICA: JUSTIÇA AUTORIZA PRISÃO DOMICILIAR PARA O SUSPEITO DE ESTUPROS QUE FOI ESPANCADO NO PRESIDIO.


A família pediu e a justiça autorizou! A família de Hugo Rodrigues da Cunha de 22 anos preso suspeito de cometer 11 estupros e que foi espancado por outros detentos dentro do presidio de Anápolis (a 55 km de Goiânia) procurou a Justiça para pedir que ele cumpra a pena em prisão domiciliar. Eles tomaram essa decisão depois que o vídeo em que o detento é torturado foi divulgado na internet.  A família do jovem afirma que houve falha da Justiça por não preservar a integridade física do rapaz e alegou que a prisão domiciliar, poderia ser também uma internação, lugar onde ele poderá ser tratado. Hugo vai cumprir a pena em casa. Vai aguardar todo julgamento em prisão domiciliar.

Durante a agressão que ele sofreu no presidio ele teve o intestino perfurado e foi socorrido no Hospital de Urgências de Anápolis (Huana) e recebeu alta nesta semana e já voltou para a prisão, mas em casa. Segundo o poder judiciário, o objetivo dessa prisão domiciliar é preservar a vida do detento... Agora eu pergunto a vocês, a vida e a segurança dele está bem garantida e a vida das mulheres de Anápolis? 

Fonte: Correspondentes do Plantão Policial

Um comentário:

Anônimo disse...

se fosse a filha do juiz ou promotor ou defensor ele estaria em prisao domiciliar