terça-feira, 5 de novembro de 2013

POLÍCIA MILITAR PRENDE ACUSADO DE ROUBO A BANCO

De acordo com a Polícia, o suspeito confessou ter participado do assalto ao banco de Paraipaba, ocorrido há sete dias.

Um homem acusado de integrar a quadrilha que assaltou a agência do banco Bradesco de Paraipaba, há sete dias, foi detido no município de Paracuru (88Km de Fortaleza). A Polícia afirmou que o homem planejava duas ações contra bancos. A prisão foi realizada na noite de domingo, por uma patrulha do Comando Tático Rural (Cotar), do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), em uma praça no centro do município.

De acordo com informações do comandante do Cotar, capitão PM Rodrigues, os policiais notaram que o homem estava em atitude suspeita na praça e realizaram uma abordagem e apreenderam material para arrombamento de caixas eletrônicos dentro de um veículo Celta, que estava com o suspeito.

Ele usava identidade uma falsa, mas depois revelou seu verdadeiro nome. Carlos Eduardo de Sousa Castro possuía um mandado de prisão em aberto por roubo na Comarca de Aracoiaba, além de responder por mais de dez crimes, todos de roubo.

No dia 29 de outubro, um bando armado invadiu o município de Paraipaba, explodiu o banco, atirou contra a PM e fez reféns FOTO: LUCAS DE MENEZES

Ainda de acordo com o comandante do Cotar, o suspeito confessou que teve participação no assalto ao banco de Paraipaba e fazia um levantamento no município de Paracuru para uma nova ação criminosa. Além de ser o "olheiro" da quadrilha, Eduardo também atuava no bando arrombando caixas eletrônicos. Com ele foram apreendidas ferramentas, como ´pé de cabra´ e chaves de fenda, que seriam usadas no violação dos caixas. O homem também confessou que faria um levantamento no município de São Gonçalo do Amarante (50Km de Fortaleza).

As duas mulheres que acompanhavam Carlos Eduardo informaram à Polícia que o conheceram no terminal do Siqueira e que o suspeito teria convidado as duas para dar um passeio no Paracuru. As mulheres também informaram que, durante o trajeto, o suspeito falava ao telefone sobre os assaltos que realizaria. Os três foram encaminhados à Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), no Centro de Fortaleza.

Explosão

No dia 29 de outubro, cerca de nove homens invadiram o município de Paraipaba, explodiram o banco, atiraram contra o destacamento e fizeram reféns.

Fonte: DN

Nenhum comentário: