sexta-feira, 30 de agosto de 2013

PALMÁCIA: DENARC FECHA UMA FÁBRICA CLANDESTINA DE ESCOPETAS

Uma fabrica clandestina de armas foi fechada pela Polícia Civil e dois homens detidos no Município de Palmácia (73Km de Fortaleza) na tarde de ontem. A operação foi realizada pela equipe de inspetores da Delegacia de Narcóticos (Denarc) com o apoio do Departamento de Polícia Especializada (DPE).
A Polícia apreendeu um revólver calibre 38, duas espingardas, e três escopetas, além de um maquinário utilizado na fabricação das armas.

A equipe da Denarc estava investigando denúncias de tráfico de drogas na Região do Maciço de Baturité quando obteve a informação de que os criminosos da área compravam armas em uma fábrica clandestina e um mototaxista agenciava as vendas. Foram detidos Antônio Luís Teles, 63; e o mototaxista Pedro Gaspar de Oliveira, 52.

O suspeito Luís Teles informou que trabalhava como artesão, consertava armas para fazendeiros da região e fabricava escopetas. Ele ainda acrescentou que nunca vendeu armas para bandidos e não sabia que a atividade era um crime previsto pela lei.

Compradores

De acordo com informações do titular da Denarc, delegado Pedro Viana Júnior, os homens foram encaminhados à delegacia para prestar depoimento e a Polícia deve investigar quem são as pessoas que compravam armas.

O delegado ainda revelou que o mototaxista fazia a mediação entre o vendedor o comprador da arma. Pedro Gaspar foi o primeiro a ser preso e levou os policiais à oficina onde eram feitas as armas. Os dois suspeitos foram autuados em flagrante pelo comércio ilegal armas.

O diretor do Departamento de Polícia Especializada (DPE), delegado Jairo Pequeno, informou que a Denarc está trabalhando no sentido de prender os traficantes de drogas do Interior, mas também atua no desarmamento desses criminosos, tirando as armas de circulação. 


Fonte: DN

Nenhum comentário: