sexta-feira, 30 de agosto de 2013

"OPERAÇÃO CARCARÁ" EM SOBRAL: SEIS PRESOS EM OPERAÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO

Seis pessoas foram presas e uma continua foragida em Sobral (250Km de Fortaleza). As prisões fazem parte da ´Operação Carcará´, realizada pelo Ministério Público do Estado do Ceará, através do 7º Núcleo de Tutela Coletiva de Sobral, a Procuradoria de Combate aos Crimes Contra a Administração Pública (Procap), Polícia Civil e o Ministério Público do Trabalho.
Segundo as informações da Procap, apenas o acusado Fabrício Viana Rodrigues se encontra foragido. Hoje os demais já devem começar a ser ouvidos hoje.

A operação está sendo realizada para executar a prisão temporária e a busca e apreensão na Prefeitura de Sobral e nas sedes das Cooperativas Cootrace/Coopreserv, ambas cooperativas que forneciam mão-de-obra para o Município de Sobral e demais empresas ´Segnord Segurança do Nordeste Ltda´, ´Reboque Alerta Serviços´, ´Terral Comercio de Alimentos e Conveniências Ltda´; ´Epp´, ´NC Comércio Representações e Derivados de Petróleo Ltda´, ´Compacta Construções Ltda-ME´.

Foram presos Felipe Cirino de Alencar, Maria Valdízia Sombra Aguiar, Adrízia Alves Ferreira, Francisco Sérgio Freire Alencar e Hélio Peixoto Alencar Neto. Todos com envolvimentos com as cooperativas. Foram realizadas ainda buscas e apreensões na casa dos ex-secretários municipais Jose Anastácio de Lima e Maria Juraci Neves Duarte.

Verbas
O Município de Sobral repassou para ambas as cooperativas, pertencentes aos envolvidos, mais de R$ 40 milhões. As entidades foram contratadas desde o ano de 2006 e prestam serviços até hoje à Prefeitura de Sobral. Nas investigações do MP foi constatada a presença de cooperados ´fantasmas´, bem como o não pagamento dos direitos trabalhistas dos mesmos. Nesse período, o Município vinha sendo condenado pela Justiça Trabalhista a pagar os referidos encargos trabalhistas.

Por fim, foi verificado que a mão-de-obra fornecida era de forma indiscriminada, sendo utilizadas em quase todos os setores da Prefeitura. Outro dado que chamou a atenção foi a celebração de outro contrato com a Cootrace para fornecer pessoal às vésperas das eleições municipais de 2012, no valor global de quase R$ 20 milhões.

JÉSSYCA MARQUES/REPÓRTER

Fonte: DN

Nenhum comentário: