quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

PM CAPTURA DUPLA APÓS MATAR JOVEM.

Uma pessoa morta, outra baleada, duas detidas e dois revólveres apreendidos. Esse foi o resultado de uma sequência de crimes seguida de perseguição policial durante a tarde de ontem, no bairro Quintino Cunha, (Zona Oeste de Fortaleza).
Segundo o major PM Aginaldo Oliveira, comandante da 6ª Companhia do 5º BPM (Antônio Bezerra), tudo começou quando dois homens em uma moto balearam o jovem Roberto Yago da Costa, 18, no cruzamento da Avenida Coronel Carvalho com Rua Maria Clara.
Execução
Conforme o oficial, instantes depois, na mesma rua, Francisco Anderson Damasceno da Silva, 23, o ´Buiú´, foi executado também por homens em uma motocicleta. "Graças à ação rápida e eficiente das patrulhas do Ronda e da Força Tática de Apoio (FTA), os dois homens foram capturados e duas armas apreendidas logo após os crimes", salientou Oliveira.

De acordo com o supervisor do Núcleo de Policiamento Comunitário 6 (NPC-6), major PM Lourival Lima, depois de balear Yago e matar Anderson, os bandidos fugiram em uma moto em direção à Avenida Mozart Pinheiro de Lucena. A dupla foi perseguida pela patrulha do Ronda do Quarteirão (RD-1040), formada pelo cabo PM Andrade e os soldados Alan e Daniel.

Colisão
Durante a fuga, os dois suspeitos colidiram a motocicleta e acabaram detidos. Com eles, os policiais apreenderam um revólver de calibre 38. A outra arma foi encontrada pela equipe da FTA próximo ao local onde Roberto Yago foi baleado. Os crimes, segundo a Polícia, teriam ligação com o tráfico de drogas.

Rafael Cavalcante Leite, 21, e o adolescente de 17 anos, foram levados para o 7º DP (Pirambu) e a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), respectivamente, e autuados por homicídio qualificado.

Fonte: DN 
CAMOCIM POLÍCIA 24hs

Um comentário:

RD 1040 disse...

Parabéns a RD1040 formada pelos policiais militares Cabo Andrade e Sds Daniel e Alan. Todos os elogios por essa prisão, a sociedade alencarina precisa ver e sentir que Polícia Militar tem uma finalidade de simplesmentir contribuir uma sensação de segurança plusível e eficácia circunstancial.