CAMOFOLIA, A ALEGRIA ESTÁ AQUI

CAMOFOLIA, A ALEGRIA ESTÁ AQUI

ANUNCIE CONOSCO E GARANTA JÁ O SUCESSO DO SEU NEGÓCIO

ANUNCIE CONOSCO E GARANTA JÁ O SUCESSO DO SEU NEGÓCIO

domingo, 7 de agosto de 2011

ASSALTO A CARRO FORTE: QUADRILHA ATACA NO SHOPING

Cerca de R$ 195 mil foram levados por um grupo de assaltantes que utilizava pistolas e uma submetralhadora.

Em uma ação rápida e ousada, quatro bandidos, armados com uma submetralhadora e pistolas automáticas, invadiram, na manhã de ontem, as dependências do North Shopping, no bairro São Gerardo (Zona Oeste de Fortaleza) e roubaram malotes bancários contendo cerca de R$ 195 mil em espécie. O ataque ocorreu pouco depois das 10 horas quando um grupo de vigilantes da empresa de segurança privada Nordeste chegavam ao local em um carro-forte para abastecer caixas eletrônicos instalados no primeiro piso.O delegado titular da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), Romério Moreira de Almeida, informou que as cenas do assalto foram gravadas pelas câmeras do sistema de monitoramento eletrônico do shopping e serão utilizadas para a identificação dos assaltantes. Segundo ele, as imagens deixam claro que os criminosos estavam fortemente armados e não usavam capuzes. "Isso demonstra que eles tinham informações privilegiadas para cometer o crime", ressaltou.

Descarta
Ao contrário do que foi divulgado por alguns setores da Imprensa local, o delegado explica que não houve assalto ao carro-forte. "O carro-forte estava do lado de fora e nele havia mais de um milhão de reais. Os assaltantes já estavam dentro do shopping, se passando por pessoas comuns que teriam ido ali fazer compras. Os vigilantes (quatro) foram rendidos no momento em que chegaram aos caixas eletrônicos para fazer o abastecimento", disse Almeida em entrevista ao Diário do Nordeste ainda no local do assalto.

Depois de se apodera dos malotes contendo o dinheiro, os bandidos fugiram do local utilizando motocicletas. Pelo menos, dois suspeitos foram detidos pela equipe da DRF com o apoio da Coordenadoria Integrada de Inteligência (Coin) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) e foram levados para a DRF.

Os assaltantes portavam pelo menos, uma submetralhadora. "Podemos ver nas imagens um dos assaltantes portanto uma metralhadora pequena, além de pistolas", ressaltou Romério Almeida, que foi ao local juntamente com sua equipe iniciar as investigações de campo.

A Polícia acredita que as informações sobre o horário da chegada dos vigilantes ao shopping foram repassadas antecipadamente à quadrilha. "Realmente, acreditamos que eles tinham esta informação privilegiada. Chegaram antes ao shopping e esperaram os vigilantes aparecerem para abastecer os caixas eletrônicos. Foi o que chamamos na linguagem policial de parada dada", disse um dos policiais militares que foram acionados para atender à ocorrência.

Investiga
Logo após ir ao local do assalto, o delegado Romério Almeida retornou à sede da DRF (Centro) para tomar o depoimento dos quatro vigilantes que foram rendidos pela quadrilha.

Além disso, ainda no começo da tarde do sábado ele começou a analisar as imagens gravadas do ataque junto com seus inspetores e agentes do Serviço de Inteligência.

Este foi o terceiro ataque a vigilantes de carro-forte no Ceará neste ano. O primeiro caso ocorreu na tarde do dia 14 de janeiro na rodovia estadual CE-362, entre os Municípios de Uruoca e Martinópole, na região Norte do Estado. Naquela ocasião, uma quadrilha, composta por cerca de 15 homens, segundo a Polícia, atacou um carro-forte da empresa Corpvs que fazia o transporte de valores para Sobral.

O blindado foi atacado na localidade de Barreiras a cerca de 11 quilômetros da entrada da cidade de Uruoca. Os bandidos dispararam vários tiros de fuzil e de outras armas de grosso calibre. O salto da emboscada foi trágico. Os ladrões acabaram matando um dos vigilantes, identificado como João Batista Sousa Coelho, que era o motorista do carro-pagador. Segundo as informações repassadas à PM, os assaltantes teriam levado a quantia aproximada de R$ 1, 3 milhão.

O segundo crime aconteceu na tarde de 13 de julho passado no Município de Ibaretama (a 120Km de Fortaleza). Desta vez, o ´alvo´ dos ladrões foi um carro-forte da empresa de segurança privada Brink´s, que transportava malotes bancários de Quixadá para a Capital. Conforme a Polícia, os ladrões roubaram R$ 2 milhões.

Balanço
4 bandidos participaram do assalto contra os vigilantes que iam abastecer os caixas dentro do shopping. A cena do crime foi toda filmada pelas câmeras e já estão em poder da Polícia Civil

2 suspeitos foram detidos pela Polícia Militar logo após o ataque. Eles foram levados para a sede da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF). A caça aos quatro criminosos continua na Capital.
Fonte: DN/CAMOCIM POLÍCIAHS

Nenhum comentário: