sábado, 26 de março de 2011

CAPITÃO ACUSADO DE ASSASSINAR IRMÃOS EM IGUATU É EXPULSO DA PM TRÊS ANOS APÓS O CRIME.

O ex-capitão da Polícia Militar Daniel Bezerra Gomes foi expulso da corporação nesta segunda-feira, 9, três anos após ter assassinado os irmãos Marcelo e Leonardo Moreno Teixeira, no município de Iguatu, na região Centro-Sul do Estado. Segundo o relações públicas da PM, major Marcos Costa, a decisão já foi referendada e publicada no boletim interno do comando da Polícia Militar.
Ainda de acordo com o major, o processo de expulsão do ex-policial demorou três anos para ser concluído por conta do julgamento dos recursos pedidos pelos advogados do acusado. O governador Cid Gomes já havia assinado o ato de expulsão em julho de 2007, mas somente com o parecer da Procuradoria Geral do Estado o processo foi concluído.

A partir de agora, o ex-capitão, que está recolhido no Batalhão de Choque da PM, poderá ser remanejado para um presídio comum do Estado.
O duplo homicídio aconteceu em março de 2007, quando o então capitão Daniel Bezerra Gomes, comandante do destacamento policial da cidade de Mombaça, matou a tiros os irmãos Leonardo Moreno Teixeira, 24, e Marcelo Moreno Teixeira, 26, ambos estudantes do 6º ano de Medicina.
De acordo com o relato de testemunhas e parentes das vítimas, o crime foi praticado por motivos banais.

Fonte: Crato Notícias/Camocim Polícia24hs

Nenhum comentário: