quinta-feira, 22 de abril de 2021

SURTO DE COVID-19 EM PRESÍDIO MILITAR DO CEARÁ ATINGE DEZENAS DE POLICIAIS MILITARES


Dez PMs infectados já foram liberados para prisão domiciliar 


Um surto de Covid-19 atingiu o Presídio Militar do Ceará, localizado no Centro de Fortaleza. Pelo menos 22 policiais militares que estavam presos testaram positivo para a doença, em exames realizados na última terça-feira (20), segundo a diretora da Unidade, tenente-coronel PM Keydna Alves Lima Carneiro. 

Dentre os infectados, dez PMs respondem a processos na Vara da Auditoria Militar, da Justiça Estadual, e foram liberados para prisão domiciliar, por entendimento do juiz da Vara, para evitar transmissões do vírus. 


Os outros 12 internos respondem a processos em outras Varas em Fortaleza ou no Interior e precisam da liberação dos juízes das referidas Unidades. "A gestão prisional informou a todos os juízos a confirmação da Covid-19, bem como cientificou de situações internas de isolamento e atendimentos. Hoje (quinta-feira, 22), eles irão ao médico para novas avaliações", revela a tenente-coronel Keydna. 

A diretora do Presídio afirma que não pode divulgar a quantidade de militares presos no local por motivo de segurança, mas pondera que "os casos positivados alcançaram número expressivo envolvendo custodiados". Segundo Keydna, a direção da Unidade e a Polícia Militar do Ceará (PMCE) estão realizando todos os esforços possíveis para evitar a transmissão do vírus na Unidade. 

 

Leia a matéria completa AQUI.

3 comentários:

Anonimo disse...

Vai entender ne se é pra ninguém sair de casa e nos presídios tão todos guardado é contaminou geral.era pra ser extinta a visita de família e qualquer outra pessoa como advogado pra não levarem o viris.

Unknown disse...

Comentário infeliz vc no tem família não

Anônimo disse...

Falo no sentido amigo de não infectalos para q eles não passem o vírus para seus familiares que Deus os proteja são ser humanos e merecem proteção