quinta-feira, 24 de setembro de 2020

SEM PERDÃO: PAI QUE MATOU O ESTUPRADOR DA FILHA DE 12 ANOS É CONDENADO A 18 ANOS DE PRISÃO

 

Wanderley Rofeson Loureiro acusado de matar Roni Teodoro do Nascimento, em março de 2012, depois que o rapaz estuprou sua filha de 12 anos, foi condenado a pena de 18 anos de prisão, em regime fechado. Ele deverá usar tornozeleira eletrônica, conforme decisão de julgamento na tarde desta quinta-feira (19) em Campo Grande, Mato Grosso do Sul. 

Os jurados não acolheram a tese da defesa, de que o réu agiu por violenta emoção e de acordo com a sentença, pronunciada pelo juiz Carlos Alberto Garcete, Wanderley foi condenado pelo crime de homicídio qualificado pelo motivo torpe e recurso que dificultou a defesa da vítima. 


Como respondia o processo em liberdade, Wanderley deve aguardar o tramite judicial, até o cumprimento da pena, usando tornozeleira eletrônica, conforme determinado pelo juiz. A decisão cabe recurso. 

Ouvido no julgamento desta quinta, Wanderley disse que no dia do crime tinha ido fazer feira com a esposa e quando voltou para sua residência encontrou a filha abrindo o portão para Roni. A menina estava com semblante de choro, sendo questionada pelos pais o que havia acontecido, momento em que ela falou que tinha sido estuprada pelo rapaz. 


“Perguntei para ele se havia feito mesmo aquilo e quando me respondeu que sim, eu perdi a cabeça”, disse Wanderley aos jurados. Após a confirmação de Roni, o homem mandou que a esposa e a filha fossem para a casa de sua sogra, sendo que depois da saída das duas ele entrou em luta com o rapaz. 

O réu ainda contou que amarrou Roni pelos pés e mãos e colocou uma toalha na sua boca para ele não gritar o colocando dentro da camionete S-10. Ele, então, saiu sem rumo e ao chegar a um lugar isolado tirou Roni do carro. Quando viu umas pedras no chão desferiu golpes contra a cabeça da vítima, que teve o rosto desfigurado. O corpo de Roni foi encontrado dias depois em avançado estado de decomposição na MS-080. 


“Quero ver qual pai chega em casa, ouve a filha falar que foi estuprada, sai e vai em uma delegacia registrar um BO. Qualquer um que passar por isso faria o mesmo que eu fiz”, disse Wanderley depois de contar como assassinou Roni. O réu se disse arrependido do crime afirmando que depois disso a sua vida acabou. 

Ele confessou o crime em 2014 após a polícia reunir provas indiciando ele como autor do assassinato. A vítima do abuso, que hoje está com 20 anos, teria tentado se matar meses depois de ser estuprada tomando vários remédios. Após o estupro, o comportamento da menina mudou ficando mais quieta e chorosa, segundo a mãe. 


Por: Midia Max / Fonte: www.rondoniaovivo.com 

43 comentários:

Anônimo disse...

Injustiça total.

Anônimo disse...

Brasil.
Se fosse estuprador estaria solto.

Anônimo disse...

Devia ter denunciado é não matado, ninguém pode tirar a vida de ninguém.

Anônimo disse...

Que vitima? que vitima precisava de chance de defesa? eu achei que a vitima nesse caso fosse a criança que foi estuprada. sera que o estuprador deu a essa criança a chance de defesa? acho que não.

Anônimo disse...

Qualquer pai que ama seus filhos teria feito o mesmo no Brasil a justiça é parcial

Anônimo disse...

Vagabundagem isso

Unknown disse...

Eu deixava ele vivo mas sem as duas mão.

Anônimo disse...

Pois faz só denúnciar viu quando for um dá tua família Quero ver se dá alguma coisa

José Alves Araújo disse...

O pai fez justiça
A justiça fez injustiça
?

Maria disse...

Por isso que os estupro não se acaba

Anônimo disse...

Alguém pode mim explicar quê posta de pais nós vive???Meu deus Caramba quê cruel elemento indigente Será quê Isso é um porco de ser humano? Tomar Vergonha na tua cara quê barbaridade sinistra Vai Procurar a palavra de deus criatura ele Sim Te Perdoará Más essa Criança Nunca Más vai ter Sua Vida Caralho Veio Tu é sujo Pq Quanta Crueldades Senhor Deus é mais tá repreendido em nome de jeusus isso é um Trabalho sujo q nem o satanás teria sugestão em fazer Credo cada uma nessa bosta de pais É em🙄🤦🏻‍♀️😢😠

Anônimo disse...

caso controverso.

Anônimo disse...

Caralho filha da Puta Ruim De Mirar Acertou no diabo é ganhou a visão do demônio,Vai Te tratar doente Elemento Imundo 😤🤮🤬

Anônimo disse...

Eu cumpriria essa sentença com maior orgulho

Anônimo disse...

Verdade

Anônimo disse...

Eu acho que os juízes que julgaram esse caso tinham que se colocar no lugar desse pai!

Unknown disse...

Covarde tem que morrer

Anônimo disse...

Cada vez mais esta acontecendo esse tipo de crime. Enquanto nossas leis não forem mais rígidas, o número de casos só aumenta. E pra completar quando um pai faz a justiça com as próprias mãos ainda é julgado com todo o rigor da lei...

Unknown disse...

Vagabundo

Unknown disse...

Corvarde

Anônimo disse...

Corvarde

Anônimo disse...

Eu, além de matar essa alma cebosa bem devagarzinho, ao invés de colocar um pano na boca dele, botava o que tinha sobrado da genitália, "olho por olho, dente por dente". E quem acha que eu estou errado, quando acontecer com um parente seu, dê um beijo no rosto e leva pra casa pra ele estupra o resto da família.

Anônimo disse...


Isso é uma injustiça

Anônimo disse...

Isso é Brasil meu povo

Anônimo disse...

Tem que fazer p mesmo

Anônimo disse...

Covarde

Daniel disse...

Aqui e Brasil tudo controverso

Anônimo disse...

Quem perdeu foi o estuprador o pai heroi vai sair logo logo e vai viver sua vida digna de um cidadão eu apoio a ação desse pai vai cumprir de cabeça erguida

anônimo disse...

Verdade concordo com vc

Anônimo disse...

Quem julgou aí foi o júri, ou seja o povo, sendo assim a própria população de bem quis o pai preso.

Anônimo disse...

Quem será o juiz que deu essa pena né, se fosse o bandido
Teria pego um ano, que porra de leis são essa mesmo heim isso e um absurdo, se fosse eu faria o mesmo leis malditas essa KD a porra desse direito humano heim que só proteja bandidos

Anônimo disse...

Isso e o absurdo do absurdo nem acredito numa coisa dessa sem palavras para esse juiz uma pai desse que teve a filha estuprada e ainda vai preso que país e esse Hem

Anônimo disse...

Só nesse país mesmo que vagabundos tem moeal

Anônimo disse...

Na minha opinião esses caras que gostam tanto de estuprar as crianças as autoridades tinha que mandar castrar eles

Anônimo disse...

Não podemos nos basear nos erros dos outros. Temos que fazer a nossa a parte.

Anônimo disse...

Aqui na porra desse cabaré chamado Brasil o rabo e quem abana o cachorro Bolsonaro até sempre pra mudar essa porra, fico indignado ao ver uma matéria dessa parabéns sargento Flávio por nós deixar informado dessas atrocidades

Anônimo disse...

Que juiz e esse meu Deus, e revoltante uma coisa dessa se eu tivesse dinheiro gastaria o que precisar para esse homem não passar uma dia preso, parabéns para esse juiz que no mínimo nunca foi pai

Arkanoid disse...

Brasil um país de tolos.

Denílson disse...

Tenho ódio dessa justiça desse Brasil

Denílson disse...

Tenho ódio dessa justiça desse Brasil

Anônimo disse...

E se a filha do juiz que o condenou foce estrupada o que seria do estrupador. Serar que o juiz gostaria de ser estrupado. Sei não talvezs sim.

Anônimo disse...

Nessa desgraça desse país as leis era pra ser assim um cidadão que mandasse um bandido pro inferno merecia uma medalha mais nessa porra desse país as leis são aplicadas por opinião de cada juiz eles seguem a opinião deles e mete a caneta no meu casa eu mandava soltar esse pai dava um tratamento gratuito pra ele e pra esposa e pra filhinha dele

Anônimo disse...

justiça fraca , justiça só de deus