quarta-feira, 13 de maio de 2020

REVOLTADA COM PROIBIÇÃO DE NAMORO, JOVEM ENVENENA FAMÍLIA NO PARÁ


Cinco pessoas de uma mesma família foram envenenadas com "chumbinho", um produto usado para matar ratos, em Santarém, no Pará. De acordo com Simone Leal Galúcio, de 43 anos, a autora seria a própria filha de apenas 16 anos.  

De acordo com o que apurou o portal G1, a mãe conta que a filha insistiu para que ela tomasse a bebida. Em seguida, ela serviu o suco para os filhos e o sobrinho.  

As vítimas começaram a apresentar vômito, náuseas e alguns chegaram a desmaiar. Todos foram socorridos e levados ao Hospital Municipal Alberto Tolentino Sotelo.  

A adolescente fugiu de casa, mas horas depois resolveu se entregar no posto policial. Por ser menor de idade, uma tia ficou responsável em levá-la à delegacia, o que foi feito no dia seguinte.  

De acordo com os pais, a motivação para que a adolescente colocasse veneno na bebida foi a não permissão para que ela namorasse outro adolescente de 17 anos. 


3 comentários:

MARIO ALBERTO BENEDETTO LYNCH disse...

esta louca,precisara ser internada num hospicio

Unknown disse...

Pode crê....como que pode um negócio desse meu Deus....

Anônimo disse...

Essa dai numca viu homem na vida pois matar a própria família por causa de um homem podes crê que é louca mesmo hem precisa tomar um gardenalzinho pra se controlar vá procura reza minha filha pedir a Deus que te der juízo