domingo, 3 de maio de 2020

ESTUPRADOR SOLTO PELA JUSTIÇA EM RAZÃO DA PANDEMIA ABUSA E MATA JOVEM


Um estuprador de 35 anos, que obteve liberdade provisória por conta da pandemia de coronavírus, confessou que estuprou e matou a jovem Jenifer Hugo Modesto, de 18 anos, na cidade de Poços de Caldas, em Minas Gerais. 
Segundo o delegado responsável pelo caso, Cleyson Brene, as investigações começaram no dia 4 de abril, após o desaparecimento da jovem. As suspeitas sobre o ex-presidiário aumentaram no dia 16, depois que a investigação verificou que o estuprador foi preso novamente após tentativa de estupro próximo do local onde Jenifer desapareceu. 
A Polícia Civil então conseguiu confirmar a autoria do crime após ir ao presídio onde o estuprador estava e ele confessar que matou a jovem. 
Segundo o delegado, o estuprador seguirá preso preventivamente pela nova tentativa de estupro e deve responder pelos crimes de estupro, homicídio, ocultação de cadáver e furto. O crime pode ser enquadrado ainda como latrocínio.

Fonte: Pleno News

5 comentários:

MARIO ALBERTO BENEDETTO LYNCH disse...

Eu sou contra soltar esse tipo de gente ,sob o pretexto do coronavírus,virou uma anarquia com as solturas

Anônimo disse...

Justiça maldita por isso que os crimes nunca acabam a bendita polícia prende a maldita justiça solta, BOLSONARO 2022 ESTOU COM O SR, FORA CORRUPTOS MAIA DORIA ALEXANDRE MORAES STF GOVERNADORES SO OS CORRUPTOS

Anônimo disse...

Esses corruptos o que eles sabem fazer e destruir nosso país,bando de bestas feras, Bolsonaro estou com o Sr e não abro nem pra um trem carregado de povora com dez doido fumando em cima e bois mito

Anônimo disse...

PT NUNCA MAIS AQUI NO NOSSO CEARÁ CORRUPTOS LADRÕES FORAN STf MAIA Alexandre Moraes diria witzel diria caiado Camilo Santana fora fora fora

Anônimo disse...

Bolsonaro 2022