terça-feira, 19 de maio de 2020

COVID-19: NO CEARÁ, MAIS DE DOIS MIL POLICIAIS ESTÃO AFASTADOS E VÁRIAS MORTES OCORRERAM


Mais de dois mil agentes da Segurança Pública do Ceará, a grande maioria policiais militares,  estão afastados das atividades por terem contraído o Covid-19 ou apresentado sintomas da doença. O número de mortos ultrapassa a marca de 30 casos. Alista inclui também policiais civis, peritos criminais, médicos legistas e bombeiros militares. 
Somente na Polícia Militar, cerca de 10% do efetivo (de um total de 20.100 homens) está fora do trabalho por ter apresentado sintomas da enfermidade ou já ter sido testado positivamente. A ordem estabelecida pelo Comando-Geral da Corporação é o afastamento preventivo ao menor sinal dos sintomas da enfermidade ou doenças correlatas. 

Na Perícia Forense do Estado do Ceará, são mais de 20 profissionais que estão afastados dos serviços prestados pelo órgão ao público. Nesta situação estão médicos legistas, auxiliares de perícia, peritos criminais, auxiliares e pessoal de laboratórios.  
De acordo com representantes de entidades que congregam policiais militares do Ceará, somente entre o começo de abril e a metade do mês de maio, ao menos, 18 pm's morreram após terem sido acometidos de infecção pelo Covid-19. 
Na Polícia Civil, delegados, escrivães e inspetores com sintomas da doença também estão sendo retirados do trabalho nas delegacias, departamentos e divisões da instituição. 
De acordo com o estudo, nessa pandemia já morreram em virtude do Covid-19, 18 policiais militares, 05 policiais civis, 01 perito, 01 bombeiro militar e 01 guarda municipal.

Com informações do Fernando Ribeiro

Um comentário:

MARIO ALBERTO BENEDETTO LYNCH disse...

TEMOS QUE ORAR PELOS POLICIAIS,EU ORO POR ELES TODOS OS DIAS