sexta-feira, 6 de março de 2020

POLÍCIA FEDERAL DEFLAGRA OPERAÇÃO NO LITORAL DO CEARÁ NO COMBATE AO CONTRABANDO


Em setembro do ano passado, este barco, carregado de cigarros contrabandeados, procedente do Pará, encalhou na Praia da Baleia, em Itapipoca, e várias pessoas foram presas em flagrante 

A Polícia Federal desencadeou na manhã desta sexta-feira (6), uma operação simultânea nos estados do Ceará e do Pará para o cumprimento de 14 mandados judiciais de busca e apreensão. Batizada de “Operação Encalhe”, a ação mobiliza 60 agentes federais no combate aos crimes de contrabando e associação criminosa. Uma quadrilha especializada no contrabando de cigarros está sendo investigada desde o ano passado. 
De acordo com a Assessoria de Comunicação Social da PF em Fortaleza, as investigações já estavam sendo realizadas há alguns meses. No dia 27 de setembro de 2019 a PF foi avisada do encalhe de uma embarcação no litoral norte cearense, precisamente, na Praia da Baleia, no Município de Itapipoca (a 125Km de Fortaleza). No barco, foi encontrada uma grande quantidade de cigarros contrabandeados do Paraguai. 

Na operação que acontece nesta sexta-feira, desde as primeiras horas da manhã, os 60 policiais cumprem nove mandados de busca e apreensão no Ceará e outros cinco no Pará, com o objetivo de recolher “elementos de provas” contra os investigados. O objetivo é definir a participação individual de cada um dos integrantes da quadrilha no delito de contrabando e na associação para o crime. As penas somadas pela prática dos dois delitos podem chegar a 20 anos de reclusão. Vale ressaltar que algumas embarcações que provavelmente estavam a serviço da mesma quadrilha já foram apreendidas após atracarem no litoral do município de Chaval, mais precisamente na divisa do Ceará com o Piauí. A região tem histórico nesse tipo de contrabando. As informações são que várias pessoas são investigadas, inclusive sendo rastreadas. 

Com informações do blog do Fernando Ribeiro 

3 comentários:

Anônimo disse...

Era era pra camocim prender os traficantes daqui.

Anônimo disse...

Parabéns pela a mateira...

Camocim Polícia24h disse...

Os parabéns devem ser dados para o jornalista Fernando Ribeiro, ele é o autor da matéria, fizemos apenas repostar.