VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

CAMOCIM-CE: HOMEM DE 32 ANOS MORRE AFOGADO DURANTE REGATA DE CANOAS DO GURIÚ

Vítima
O último caso de morte por afogamento em Camocim havia sido registrado no dia 10 de julho de 2016, ocasião em que um adolescente de 17 anos morreu na Ilha do Amor. Reveja o caso AQUI.

Infelizmente o município de Camocim registrou mais uma morte por afogamento. O caso aconteceu por volta das 16h30 de domingo, 30, durante as Regatas de Canoas de Guriú.
Conforme apurou o blog Camocim Polícia 24h junto à polícia, a vítima foi identificada por Francisco Ribamar do Nascimento, maranhense de 32 anos que residia no distrito de Guriú e que trabalhava como auxiliar de marinheiro de convés. Ainda conforme apurou a polícia junto aos populares, a vítima foi vista de afogando quando um grupo de pessoas saiu em seu socorro, no entanto quando o levaram para a superfície ele já havia entrado em óbito.
Algumas pessoas que conheciam a vítima disseram aos policiais que teriam lhe visto ingerindo bebida alcoólica durante todo o dia.
Os policiais da FTM realizaram o isolamento da área do sinistro e momentos depois a Pefoce compareceu ao local e após os procedimentos de praxe conduziu o corpo da vítima ao IML de Sobral.

Atenderam a ocorrência: Sgt Rivelino, Sgt Cardoso e Sd M. Xavier
Camocim Polícia 24h

Um comentário:

Anônimo disse...

Que lamentável mais um afogamento, que Deus conforte sua família.um evento tão grande como esse e visto no Ceará todo ñ teve mais uma vez uma equipe de emergência aquática como os bombeiros Civil que são formados como guarda vidas esses sim tem qualificação para efetuar resgate aquático e sabem fazer e o que não fazer na hora sabem também todos os graus de afogamento e como proceder em cada um deles. quantos mais afogamento será necessário para administração ter a consciência q a população de Camocim precisam desses profissionais nas nossas praias temos q dar mas segurança para os banhistas, entra prefeito e sai prefeito e nem um deles fazem nada pra resolver esse problema da falta de segurança nas nossas praias.