VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

sexta-feira, 15 de julho de 2016

POLICIAL BALEADO EM CAUCAIA NÃO RESISTE AOS FERIMENTOS E MORRE NO IJF


Subiu para 17 o número de policiais mortos no Ceará neste ano. No começo da tarde desta sexta-feira (15) faleceu no Instituto Doutor José Frota (IJF-Centro), um sargento da Reserva Remunerada baleado durante uma suposta tentativa de assalto a um mercadinho, no bairro carrapicho, no Município de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).  Ainda nesta manhã, outros dois PMs foram baleados no bairro Antônio Bezerra.
A identidade do militar foi confirmada como sendo o sargento Francisco Moésio Pinheiro Barbosa. A  morte já foi comunicada aos familiares  pela equipe de plantão que atendeu o paciente. O sargento estava nas proximidades de sua residência e ao se aproximar de um mercadinho teria sido surpreendido com a ação de assaltantes no estabelecimento e ao tentar intervir, foi baleado no abdome.
O militar foi socorrido para o hospital em veículo particular e, no meio do trajeto, transferido para uma ambulância do Samu, onde os socorristas tiveram que realizar um procedimento de ressuscitação. Com a gravidade da lesão, o militar acabou não resistindo.

Confira a lista de policiais mortos no Ceará em 2016

01 (07.01) – HUDSON DANILO DE OLIVEIRA, policial militar, soldado, baleado por assaltantes durante uma ocorrência de roubo em uma fazenda na zona rural de Jaguaretama.
02  (19.01) – BENEDITO GOMES ASSUNÇÃO, subtenente, baleado e morto durante uma briga de trânsito na cidade de Juazeiro do Norte. Dois suspeitos do crime foram presos.
03 (28.01) – JOSÉ EUDES DA SILVA MONTE,  policial militar, na graduação de sargento, morto a tiros durante assalto a um coletivo no bairro Conjunto Ceará.
04 (12.02) – AUGUSTO HERBERT FÉLIX, policial militar, destacado no BPRaio, morto numa tentativa de assalto na Travessa Santo Amaro, no bairro Pici.
05 (19.02) – CARLOS HERBÊNIO ALMEIDA BEZERRA, subtenente, comandante do Destacamento da PM na cidade de Jaguaretama. Morto por bandidos quando fazia cooper.
06 (06.04) – ÁLISSON PAULINELLI MEDEIROS DE MENDONÇA, policial civil (inspetor), assassinado por bandidos durante uma tentativa de assalto no bairro Cidade dos Funcionários, em Fortaleza. Ele matou um dos ladrões.
07 (18.04) – FRANCISCO WELLINGTON DA SILVA, policial militar, subtenente da PM, morto a tiros durante assalto dentro da agência do Bradesco de Pacajus.
08 (24.04) – MARCELO ANDRADE VIANA, policial militar (soldado), destacado na Cavalaria, estava em Licença para Tratamento de Saúde (LTS), morreu numa troca de tiros com colegas de farda, na Barra do Ceará. Atirava no portão da casa da ex-esposa e reagiu na chegada de uma patrulha do Ronda do Quarteirão. Morte considerada suspeita.
09 (07.05) – ANTÔNIO ANDERSON DO NASCIMENTO, 25, soldado destacado em Alcântaras, foi morto, a tiros, na cidade de Sobral, ao tentar evitar um homicídio no bairro Sinhá Sabóia.
10 (08.05) – JOSÉ ROBERTO LEMOS - policial militar (soldado), destacado no BPRAIO da cidade de Juazeiro do Norte, morto numa troca de tiros com traficantes em um bar no bairro Aparecida, na periferia da cidade de Campos Sales.
11 (23.05) – EVANDRO ALVES RAMOS, Soldado da Reserva Remunerada da Polícia Militar, baleado e morto durante um jogo de baralho em um bar na Rua Professora Maria Clara, no bairro Jardim Iracema.
12 (10.6) – JOSÉ FARIAS DO NASCIMENTO – Sargento da Reserva da PM, morto a tiros ao entrar em uma loja situada no bairro Santa Teresa, na cidade de Juazeiro do Norte.
13 (30.06) – FRANCISCO GUANABARA FILHO – Sargento da Ativa da PM, destacado no 9º BPM, em Quixadá, morto s tiros de fuzil no Distrito de Juatama, por volta das 17h30, por uma quadrilha que planejava atacar um carro-forte. Ele fazia parte de uma patrulha da FTA.
14 (30.06) – ANTÔNIO JOEL DE OLIVEIRA PINTO – Cabo da Ativa da PM, destacado no 9º BPM, em Quixadá, morto s tiros de fuzil no Distrito de Juatama, por volta das 17h30, por uma quadrilha que planejava atacar um carro-forte. Ele fazia parte de uma patrulha da FTA.
15 (30.06) – ANTÔNIO ALVES FILHO – Soldado da Ativa da PM, destacado no 9º BPM, em Quixadá, morto s tiros de fuzil no Distrito de Juatama, por volta das 17h30, por uma quadrilha que planejava atacar um carro-forte. Ele fazia parte de uma patrulha da FTA.
16 (1.07) – MARCOS PAULO ANDRADE DA ROCHA – Subtenente, afastado das funções, morto a tiros dentro de um bar no bairro Conjunto Palmeiras, por uma dupla que fugiu de moto.
17 (15.7) – FRANCISCO MOÉSIO PINHEIRO BARBOSA – Sargento da reservada Remunerada da PM, baleado numa tentativa de assalto no bairro Carrapicho, em Caucaia.

Fonte: Fernando Ribeiro

2 comentários:

Anônimo disse...

Ví com muita tristeza a notícia do 17. policial morto no estado do Ceará. este ano. A polícia está sempre pronta para proteger à população, dando a sua própria vida em defesa da sociedade. E quem protege o policial? Leis frouxas, Direitos Humanos (do lado do marginal), só servem para tornar o policial mais vulnerável à ação dos marginais. Armamentos ultrapassados frente a armamento pesado utilizado pelos bandidos, o que deixa a policia enfraquecida. A quem recorrer? É preciso a mobilização de toda a Sociedade URGENTEMENTE, através de abaixo-assinado, pressionando os deputados e senadores a criarem leis mais rígidas e dê aos policiais as condições mínimas necessária ao seu trabalho. Somente assim poderá ter maiot proteção no enfrentamento, pois os bandidos dispõem até de armamento capaz de derrubar helicóptero (ponto 50).Quando a polícia perde um policial, a sociedade também perde, pois fica mais desprotegida. Unida toda a Sociedade VENCEREMOS. Um cidadão amigo da Policia.

t disse...

Como que muda as leis no brasil . Me diga vcs sabem quem pode mudar é os deputados.mais como vão mudar pq vcs sabem quem é os primeiros a errarem né isso aqui é Brasil