VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

sexta-feira, 8 de julho de 2016

EMPRESÁRIO “CRISTIANO MOTOS” É MORTO A TIROS EM QUIXADÁ


Conforme a polícia, vítima foi atingida por pelo menos oito tiros. Suspeitos do crime fugiram sem serem identificados.

Um empresário do ramo de motocicletas foi assassinado a tiros na tarde desta sexta-feira (8) no município de Quixadá, interior do Ceará. Conforme o 9º Batalhão da Polícia Militar (BPM), o homem foi atingido por pelo menos oito disparos.
Segundo a polícia, o empresário dirigia um carro quando foi abordado por dois homens em uma motocicleta. Os suspeitos atiraram diversas vezes contra a vítima, que morreu ainda no local. No veículo foi possível ver diversas marcas de balas.
Após o crime, a dupla fugiu sem ser identificada. Uma equipe da PM foi acionada, mas ao chegar no local já encontrou o homem morto dentro do carro. Até o momento, ninguém foi preso.
O empresário foi identificado como Cristiano da Silva, de 42 anos. Ele possuía uma loja de venda de peças e assessórios para motocicletas, chamada Cristiano Motos.

Crimes em Quixadá

O crime aconteceu um semana após o assassinato de três policiais militares na localidade de Juatama, zona rural de Quixadá. Os agentes foram baleados por armas de grosso calibre durante um confronto com criminosos. Um outro policial ficou ferido e outros dois PMs foram feitos reféns pela quadrilha.
Já na quinta-feira (7), um subtenente da PM foi baleado, e dois suspeitos morreram após perseguição policial. O oficial foi deslocado para a cidade após as mortes dos PMs e estava em seu primeiro dia de trabalho. O policial foi socorrido e não corre risco de morte em decorrência do ferimento.

Fonte: G1Ce

2 comentários:

Anônimo disse...

a coisa esta feia, temos que trabalhar pro governo e pro ladrão, temos que dividir com os dois, é o fim mesmo quem poderar nos salvar ne

Anônimo disse...

quando o bandido vem e leva so as coisas estamos e no lucro, temos que entregar sem reagir assim dis a policia, sera que isso esta serto? não ere melhor matar estes petes destes vagabundo, leis vagabunda essas nossas