VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

sábado, 30 de abril de 2016

LÍDER DE REBELIÃO EM PRESÍDIO CEARENSE É TRANSFERIDO PARA PRESÍDIO FEDERAL.

José Glauberto Teixeira, o 'Gleissin'
Um detento apontado pela Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) como um dos líderes da rebelião ocorrida na Unidade Prisional Agente Luciano Andrade Lima, antiga CPPL I, no último dia 14 de abril, foi transferido, na madrugada de ontem, para a Penitenciária Federal de Catanduvas, no Paraná. José Glauberto Teixeira do Nascimento, o 'Gleissim' ou 'Empresário', responde pelos crimes de roubo, homicídio, sequestro, tráfico de drogas, uso de documento falso e associação criminosa.
Ainda segundo a Sejus, ele é tido como um interno com "elevado grau de liderança e articulação dentro das unidades" e teria sido transferido por conta das suspeitas de que estaria incitando tumultos. O histórico de 'Gleissim' demonstra que ele é altamente perigoso e já conseguiu escapar duas vezes de penitenciárias do Ceará.
Quando prendeu 'Gleissim', em 2012, durante uma investigação da Divisão Anti-Sequestro (DAS), o delegado Rommel Kerth, diretor do Departamento de Polícia Especializada (DPE), declarou que ele foi acadêmico do curso de Direito e teria entrado no crime no ano de 2008, depois que seu cunhado foi assassinado em Quixeramobim. Para vingar o assassinato, teria patrocinado e participado de uma chacina.
Rommel Kerth capturou José Glauberto, em setembro de 2012, quando ele foi acusado de ser o negociador do sequestro de um empresário, ocorrido em julho do mesmo ano. A vítima foi arrebatada do próprio estabelecimento comercial, no bairro Papicu. Na época, o então diretor da DAS disse que 'Gleissim' "é um bandido extremamente perigoso que, além de grande poder com as palavras, tem disposição para pegar em armas e praticar crimes violentos".


Fuga cinematográfica

Na época, o criminoso já era foragido da Casa de Privação provisória de Liberdade Professor Clodoaldo Pinto (CPPL II), em Itaitinga, de onde foi resgatado junto com outros cinco bandidos, em julho de 2012, em uma ação "cinematográfica".
No dia 11 de outubro de 2013, ele estava na Unidade Prisional Desembargador Adalberto Barros Leal, a CPPL do 'Carrapicho', em Caucaia, cumprindo pena pelo sequestro quando foi transferido para o presídio federal do Paraná.
De volta ao Ceará, conseguiu fugir novamente, em 2015, quando era interno da antiga CPPL I. Segundo informações divulgadas na época, teria conseguido escapar pela porta da frente da Penitenciária.
Na condição de foragido, foi preso pela Polícia Federal, em Recife, no Estado de Pernambuco, em maio de 2015. O criminoso se deslocava para receber 30Kg de pasta-base de cocaína, quando foi abordado pelos agentes federais.
José Glauberto foi interceptado quando chegava a um hotel em um veículo BMW blindado. Ele apresentou uma CNH falsa em nome de Andrey Virgínio Sales. No porta-malas do automóvel e na casa onde estava, na Cidade de Paulista, foram apreendidos R$ 58 mil.

Em março deste ano, ele foi transferido para o Ceará, a pedido da Secretaria de Direitos Humanos de Pernambuco, após alerta de um possível resgate de 'Gleissim'. Novamente na condição de detento da CPPL I foi transferido, ontem, após liderar rebelião no dia 14 deste mês.

Fonte: DN

Nenhum comentário: