domingo, 13 de março de 2016

OUTRO INTEGRANTE DO BANDO QUE MATOU POLICIAL MILITAR É MORTO NO CEARÁ.

Foi assassinado na manhã deste domingo, 13, no município de Tabuleiro do Norte (CE), um dos homens suspeitos de integrar a quadrilha que matou o Polícia Militar apodiense, Hudson Danilo, no município de Jaguaretama, no Ceará.
Valtênio Rodrigo Lima de Ameida foi executado com tiros de espingarda calibre 12 enquanto participava do sepultamento do seu amigo, Valdênio Walter de Oliveira Andrade, de 25 anos, morto ontem durante troca de tiros com a PM.
Pessoas que participavam do sepultamento entraram em pânico durante os tiros. Até o momento ninguém foi preso.
Segundo a polícia, Valdênio e Valtênio são suspeitos de integrarem a quadrilha que baleou e matou o PM Hudson na noite do dia 07 de janeiro deste ano, durante um assalto a uma fazenda. Na época, o apodiense que trabalhava no Destacamento da Polícia Militar de Jaguaretama lutou pela vida durante três dias em um dos hospitais de Fortaleza, mas teve morte cerebral constatada no domingo, 10 de janeiro.

Vítima

Até o momento, pelo menos dois criminosos que participaram do confronto já foram presos, entre eles, o líder do bando, Willame Huaina Diógenes Cintra. Em entrevista recente, a polícia divulgou que a quadrilha era extensa e que não tinha prendido nem um terço dela.

Fonte: Mossoró Hoje

7 comentários:

Anônimo disse...

Quem terá sido este herói que conseguiu tirar mais um lixo da sociedade, se ele atentou contra a vida de um representante da lei, imagine o que ele já fez com bens, parabéns a sociedade.

Anônimo disse...

Bandido tem q ter esse caminho aí mesmo.

Anônimo disse...

Bandido bom é bandido morto!!!

Anônimo disse...

Parabéns pra quem fez o serviço.

Anônimo disse...

Agora vai!!!

Anônimo disse...

TEM QUE ENTERRAR ELE DE CABEÇA PARA BAIXO!!!

Anônimo disse...

O estado não pode ficar desmoralizado! Desate as mãos dos bons políciais, Sr. Governador! Só assim os resultados positivos aparecerão...