terça-feira, 8 de setembro de 2015

ACIDENTE DE BUGGY MATA UMA PESSOA E DEIXA TRÊS FERIDOS NAS DUNAS DO CUMBUCO

Dois casais estavam no veículo. O resgate dos feridos foi feito por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência.

Uma pessoa morreu e três ficaram feridas em um acidente de buggy, por volta das 14h30min desta segunda-feira, 7, em um parque de dunas na praia do Cumbuco, localizada no município de Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza. De acordo com o presidente da Cooperativa de Bugueiros do Cumbuco e do Sindicato dos Bugueiros do Ceará, Fausto Alves, o veículo envolvido na ocorrência é particular e tem placa de São Gonçalo do Amarante.
Dois casais estavam no buggy. O condutor teve um ferimento no nariz e saiu caminhando após o ocorrido, segundo Fausto. O outro rapaz foi socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Já as mulheres, conforme o presidente do Sindicato dos Bugueiros, tiveram "várias lacerações" e foram socorridas.


"Pelo que sabemos, o rapaz estava sem conseguir respirar, dando a impressão que estava se afogando. Ele foi socorrido pela ambulância, mas não resistiu. As mulheres estavam machucadas, mas conscientes", comentou Fausto. O resgate dos feridos foi feito por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), com ajuda de bugueiros credenciados. Viaturas da Polícia Militar (PM) e profissionais da Perícia Forense (Pefoce) também estiveram no local.

O presidente do Sindicato dos Bugueiros do Ceará faz um alerta sobre os perigos de trafegar em dunas. "É normal acontecer quando são levados por bugueiros piratas ou quando vão no próprio carro", disse ele.

Acidente de buggy em Canoa Quebrada


No último dia 22 de agosto, três pessoas ficaram feridas em um acidente nas dunas de Canoa Quebrada, em Aracati. O motorista não era credenciado para fazer o serviço. De acordo com o presidente da Associação de Bugueiros da região, Beto Andrade, o condutor teria feito uma manobra chamada de voo em uma área de dunas móveis - que formam uma espécie de funil - e caído no local.

Fonte: O Povo

Nenhum comentário: