quarta-feira, 1 de abril de 2015

NOVAS INFORMAÇÕES SOBRE O PROJETO DE PROMOÇÕES DA POLÍCIA MILITAR DO CEARÁ.

O Projeto de Promoções dos Policiais e Bombeiros Militares ainda não foi enviado para a Assembleia Legislativa, o que está gerando grande frustação ns Associações de Cabos e Soldados Militares do Ceará e na corporação. O Governado Camilo Santana afirmou que até o final de Março, o projeto estaria sendo enviado para a Assembleia Legislativa.  O projeto que é de autoria do governo de Estado foi reconstruído pela comissão representativa dos militares estaduais, formada pelas associações representantes da categoria, após ser analisado e avaliado que o projeto original beneficiaria apenas uma parcela da corporação. 
De acordo com o Deputado Capitão Wagner, em conversa na tarde de hoje com o líder do governo na assembleia legislativa, Deputado Evandro Leitão e o vice-líder Júlio Cesar Filho, o atrasado ocorreu devido as mudanças sugeridas pelas associações representativas dos militares estaduais e oficiais de diversas patentes. O projeto ainda não foi analisado pela Procuradoria Geral do Estado (PGE), só após a análise será enviado para a (ALCE).


Camilo Santana também confirmou em coletiva de imprensa, na manhã desta terça-feira que não encaminhou o projeto, porque irá fazer modificações justas devido às mudanças sugeridas pelas associações representativas e oficiais de diversas patentes. Camilo pediu paciência para a tropa para melhor análise do projeto e que se possa corrigir algumas injustiças, tendo um avanço significativo.

Capitão Wagner, solicitou que o governo se pronuncie a respeito do assunto, confirmando uma nova data para envio do projeto a casa. Wagner também defendeu as mudanças no projeto realizado pelas associações representativas, citando pautas inadmissíveis no projeto original que foram modificadas para beneficiar toda a tropa e não apenas uma pequena parcela.


A Associação de Cabos e Soldados Militares do Ceará está atenta a todos os passos sobre os tramites do projeto, aguardando que sejam favoráveis á todos os policiais e bombeiros militares do estado. A ACSMCE sente-se frustrada pelo projeto ainda não ter sido enviado a Assembleia, contudo continuaremos lutando para que o trabalho da categoria seja reconhecido e gratificado como merece.

Fonte: ACSMCE

Um comentário:

Anônimo disse...

Existe soldados com mais de 18 anos que ainda não conseguiu uma promoção e o oficial no mínimo capitão ou seja já passou por algumas, desta forma que foi falado pelo governador, a mensagem não foi enviada por causa dos oficiais. Não é justo que a praça seja prejudica por esta classe favorida