sábado, 21 de junho de 2014

DOIS EX-POLICIAIS E UM PM LICENCIADO SÃO PRESOS POR EXTORSÃO APÓS INVASÃO DE RESIDÊNCIA NO CENTRO

A Polícia prendeu dois ex-policiais militares e um PM licenciado, na tarde desta quinta-feira, 19, no Centro. O grupo é acusado de extorsão e foi detido após invadir uma residência no bairro, ameaçando os moradores em troca de dinheiro, conforme informações da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).
Os acusados, identificados como Isaías Silva Castro (cabo), Alexsandro da Silva e Francisco Rubemar Pontes de Mendonça (ex-PMs) invadiram a residência e José Eudes Chaves Filho. A vítima informou à Polícia que foi ameaçada, junto com a família, em troca de dinheiro. José Eudes ainda foi algemado e levado pelo grupo no banco de trás de um carro Cellta, de placas OCQ-7791.


Policiais militares que patrulhavam a área, no entanto, perceberam a movimentação estranha no carro e efetuaram a prisão dos acusados. Eles foram encaminhados ao 34.º Distrito Policial (DP). Todos eles foram autuados por invasão de domicílio, sequestro e cárcere privado. Depois da prisão, eles ainda foram reconhecidos por outra vítima, que registrou uma ocorrência no início do ano, em Pindoretama.

Com os acusados, ainda foram apreendidos um revólver marca Taurus calibre 38, munições, um par de algemas, balaclava, uma capa de colete balístico com o nome da polícia, lanterna tática, um par de algemas, além do veículo Celta utilizado no crime.

A Controladoria Geral da Disciplina determinou a instauração de Conselho de Disciplina e o afastamento preventivo em desfavor do cabo Isaías da Silva Castro. Rubemar foi excluído da Polícia Militar por ordem judicial desde o abril de 2013. Alexsandro da Silva ainda se declarou militar, durante o flagrante, mas havia sido expulso da PM em 2011 acusado de participar de um homicídio.


Fonte: Redação O POVO Online

Nenhum comentário: