segunda-feira, 23 de setembro de 2013

SOLTOS PELA JUSTIÇA, BANDIDOS COMEMORAM A LIBERDADE COM CHURRASCO

Foram vários meses de investigações e buscas, mas que acabaram em nada. Bandidos integrantes de uma quadrilha responsável por tráfico de drogas e um imenso ´rosário´ de mortes violentas na Barra do Ceará já estão novamente na rua. Foram soltos nas últimas semanas por ordem da Justiça Estadual.
Na última quinta-feira à noite, os criminosos decidiram comemorar a liberdade com uma festa regada a churrasco, uísque 12 anos e muita bala. Tudo isso aconteceu na comunidade do Gueto, na Barra do Ceará, onde a facção criminosa é baseada e ali desafia as autoridades da Polícia e da Justiça do Ceará.


A soltura dos bandidos identificados como Maycon da Silva Nascimento, 20, o ´Maycozinho´; José Flávio Rodrigues Pereira, o ´Gago da Barra´; e Leandro Dutra da Cunha, o ´Playboy do Gueto´, pegou de surpresa as autoridades da Segurança Pública e, especialmente, as unidades de inteligência, já que a desarticulação da quadrilha possibilitou a volta da paz à Barra do Ceará e ao esclarecimento de vários assassinatos naquela área pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).


José Flávio Rodrigues Pereira, o ´Gago da Barra´, tido como assassino de alta frieza, está solto; Maycon da Silva Nascimento, o ´Maycozinho´, acusado de dezenas de mortes, foi solto pela Justiça; Leandro Dutra da Cunha, o ´Playboy´, comemorava a liberdade com uísque 12 anos e bala, mas acabou preso Fotos: divulgação

Bando

´Gago da Barra´, ´Playboy do Gueto´ e ´Maycozinho´ são protagonistas de dezenas de mortes, segundo a Polícia. Seriam crimes cujo mandante seria o chefe do bando, o traficante Márcio Gledson Dias da Silva, o ´Márcio do Gueto´, que está no presídio.

Na última quinta-feira, os assassinos decidiram fazer a festa como forma de afrontar as autoridades e, ao mesmo tempo, avisar aos traficantes rivais que estavam de volta ao bairro e dispostos a reiniciar a sequência de fuzilamentos na Barra do Ceará.

A Polícia Militar montou um cerco, mas só conseguiu prender (outra vez), um dos matadores. Leandro Dutra da Cunha, o ´Playboy do Gueto´, que havia saído da cadeia no dia anterior, já estava novamente armado. Em seu poder a Polícia encontrou uma pistola de calibre 380 e uma espingarda modelo carabina CBC F18 munida de luneta, própria para tiros de precisão. Os outros criminosos conseguiram escapar e estão mais uma vez a espalhar o terror na comunidade. 

Fonte: DN

6 comentários:

Anônimo disse...

PARABÉNS AOS JUIZES QUE SOLTARAM ESSES TRES CIDADÃOS

Anônimo disse...

Existe bandido muito mais perigoso em liberdade. Por exemplo... Politicos.

Anônimo disse...

Mandem brasa srs bandidos. q a justiça do Brasil é igual aquela puta q tá lá defronto ao STF de pernas abertas e q foi alvo de todos brogueiros do mundo inteiro, é só conferir, agora se esses bandidos fossem pobres e negros lascados, nunca saiam da prisão, esta é inútil justiça nossa, aliás, do satanás.

voz sem medo disse...

Era para policia da fim nesses vagabundos aí não se fazia o trabalho perdido.

Anônimo disse...

Quando alguém pega a fraqueza de outros acontece isto que estamos vivendo,qualquer vagabundo quer ser Rei,e a lei ainda favorece a eles,será se só balas no revolver destes bandidos,enquanto a sociedade ficar de braços cruzados vendo esses sem futuros matar,roubar e destruir nossas familias,nossas alegrias, está na hora de revermos isto.Não aos bandidos,sim aos cidadãos.

Anônimo disse...

CONCORDO COM VOÇÊ "voz sem medo", SE A POLÍCIA METESSE "PITOMBA" NA TESTA DESSES VAGABUNDOS, AÍ SIM, QUERIA VER SE ESSA (IN)JUSTIÇA OS SOLTARIA!
batman - o justiçeiro