quinta-feira, 29 de agosto de 2013

PORTEIRO ACUSADO DE MOLESTAR CRIANÇA DE 3 ANOS SE ENTREGA À POLÍCIA E SE DIZ ARREPENDIDO

O porteiro Ivanildo Tavares da Silva, 53 anos, se entregou à polícia na manhã desta segunda-feira (26) e confessou que abusou de uma criança de apenas três anos, na última sexta-feira (23), num condomínio no bairro do Bessa, orla de João Pessoa. De acordo com informações da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente, ele disse que está arrependido do que fez, chorou durante o depoimento e afirmou que tem medo de morrer na cadeia. Enquanto fazia as declarações, o porteiro segurava uma bíblia nas mãos.

Ivanildo era procurado há mais de 72 horas, desde que a mãe da menina fez uma queixa e disse que ficou sabendo do crime depois que a própria criança revelou que um homem no prédio onde elas moram a teria tocado nas partes íntimas.
A equipe de jornalismo do Portal Correio teve acesso ao vídeo do circuito interno do prédio, que registra o crime. As imagens são chocantes e mostram o momento em que o homem abraça a criança no colo e expõe o órgão genital enquanto a segura nos braços. A cópia do vídeo permanece com a polícia.
O crime
Ivanildo Tavares foi apontado como responsável de abusar sexualmente de uma criança de três anos de idade, no bairro do Bessa, orla de João pessoa, na manhã de sexta-feira (23).
De acordo com informações da delegada da Infância e Juventude de João Pessoa, Joana D Arc, a mãe da menina fez a queixa e disse que ficou sabendo do crime depois que a própria criança revelou que um homem no prédio onde elas moram a teria tocado nas partes íntimas. “A criança é inocente e fala isso de uma maneira muito natural. Por não entender exatamente do que se trata, relata de uma forma bastante infantil, mas a mãe acabou percebendo a seriedade do caso”, diz a delegada.
Depois que ouviu a menina, a mãe dela procurou o porteiro para se inteirar do que estava se passando e pediu para que tivesse acesso às câmeras do circuito interno do condomínio. “O próprio vigilante se prontificou em mostrar as imagens, mas deixou a mãe da criança no local e fugiu, sabendo que ela iria vê-lo cometendo a pedofilia”, revela Joana D Arc.

Fonte: Portal Correio

3 comentários:

Anônimo disse...

Sabe qual é o medo dele? é porque ele tem certeza que lá dentro do presídio ele vai virar bonecona. Mesmo sendo transgressores da lei, os outros detentos não aceitam que canalhas abusem de crianças. O seu arrependimento além de ser tarde também é uma farsa.

Bruna disse...

ELE ESTÁ COM MEDO É DAS MADEIRAS QUE ELE VAI ENGOLIR NA PRISÃO.
CABRA VELHO SAFADO MERECE PEGAR MUITA SURRA DPOIS ENTREGAR ELE PARA OS PRESOS.
TENHO ÓDIO DESSES DEMÔNIOS QUE MEXE COM CRIANÇAS.

Bruna disse...

OS PRESOS IRAM DÁ PRA ESSE BIGODE DE ARIAR PINICO O QUE ELE MERECE.