sábado, 17 de agosto de 2013

EVANGÉLICO É PRESO ACUSADO DE VIOLENTAR FILHA DE UMA IRMÃ DA IGREJA, EM CAMPINA GRANDE

A Polícia Civil de Campina Grande prendeu nesta sexta-feira (16) um homem acusado de abusar sexualmente de uma menina de 10 anos. O mandado de prisão, expedido pela 2ª Vara Criminal, foi cumprido por policiais da Delegacia de Infância e Juventude (DIJ) e da Delegacia de Repressão aos Crimes contra a Infância e a Juventude (DRCIJ).

De acordo com a delegada Nercília Dantas, o acusado tem estreita relação de amizade com a mãe da vítima, a ponto de algumas vezes ficar com a guarda temporária da menina. “A mãe confiava muito nele, pois eles fazem parte da mesma igreja. Às vezes, quando ela precisava sair, deixava o acusado tomando conta da criança. Então, ele se aproveitou dessa situação para abusar sexualmente dela”, explicou.

A Polícia Civil já vinha investigando o caso há cerca de dois meses. Conforme informações apuradas pela polícia, há indícios de que o acusado tentou abusar também do irmão da menina, de apenas cinco anos de idade. “Ele teria exibido vídeos pornográficos a esse menino. Nós estamos aprofundando as investigações sobre essa acusação, mas o abuso à menina foi confirmado pelos exames periciais que solicitamos”, relatou a delegada Alba Tânia, da DRCIJ. Ainda segundo a delegada, o acusado abusava a menina, introduzindo o pênis no ânus da menor de idade. “Isso já acontecia há algum tempo, mas só agora ela teve coragem de falar. Ele alisava sua vagina e introduzia o pênis no ânus”, concluiu.

O suspeito foi preso no bairro de Bodocongó, onde mora. Ele já está na Penitenciária Padrão de Campina Grande, unidade prisional que abriga presos provisórios, aguardando as convocações para ser ouvido pela justiça.

Fonte: 190PB

7 comentários:

Anônimo disse...

Esse desgraçado serpente maldito merece pegar uma boa surra e jogar nas maos dos presos para eles fazer o que eles quizer com esse imundo bandido crápula.

Anônimo disse...

Com certeza esse sujeito é um monstro e tem que pagar pelo que fez, só acho desnecessário destacar a religião dele,já que outros criminosos de outras religiões não tiveram suas religiões divulgadas.

Dayvson Leonardo disse...

Tem que frisar bem a religião sim,até para proteger e alertar outras pessoas a não cometer o erro de confiar a guarde de uma criança na mão desses pedófilos! A vida desses vagabundos é ficar pagando de defensores da moral e dos bons costumes e condenando todo mundo que não segue a religião deles,onde na verdade,sabemos que a maioria são uns lobos em pele de cordeiro, sedentos por crianças,adolescentes virgens e DINHEIRO fácil.

Anônimo disse...

Daylson,você parece saber tudo e ser o dono da verdade,mas quero te dizer uma coisa, não é o evangélico que vai te condenar,é a palavra de DEUS diz se não crê e não for batizado não será salvo,quem nos julga é a nossas proprias obras.Quanto ao caso do rapaz que cometeu esse ato ele vai ter que pagar,não importa se ele é:evangélico;católico,umbandista ou budista isso não importa.

bela disse...

Concordo com o Deylson, temos sim, que destacar a religião,seja ela qual for,pois pelo fato de ser um pastor ele conseguiu a confuaça da mãe para praticar esse ato eduondo e sair ileso. Se é para ser cristão apenas para dar unção divina aos outros, é melhor não ser.

Anônimo disse...

Se tem que destacar a religião por causa dos crimes. pesquisei na internet e ironicamente os evangélicos São os que menos cometem crimes no Brasil.

Anônimo disse...

tambem pesquisei no "google" e sabe qual a "religião" que mais comete crimes no brasil e no mundo?
melhor nao falar pra nao criar polêmica, mas tenho certeza absoluta que pelo comentário, o camarada "dayvson" pertence a essa religião.kkk