sexta-feira, 28 de junho de 2013

ASSALTANTE CAPTURADO APÓS TER MATADO COMERCIANTE A TIROS.

A Polícia prendeu o assaltante Moisés de Oliveira Silva, 23. Ele é acusado de ter praticado o assalto ao ´Mercadinho Favorito´, na cidade de Horizonte, na Região Metropolitana de Fortaleza, na tarde da última quarta-feira. O ataque teve um fim trágico, resultando na morte do proprietário do estabelecimento, Francisco Manoel da Silva, mais conhecido por ´Naldo´.



Dois clientes foram gravemente feridos, sendo identificados como Paulo Ângelo Ferreira Duarte e Francisco Gomes Menezes. Ambos foram também baleados e estão internados em estado grave no Instituto Doutor José Frota (IJF-Centro).

Preso

Moisés de Oliveira Silva, 23, foi perseguido e preso instantes depois de o latrocínio (roubo seguido de morte) ter sido cometido. Através de uma denúncia de um popular, recebida pela Delegacia de Polícia de Horizonte, ele foi capturado pela Polícia Militar na residência dele, localizada na Rua Olho D´água, 989, bairro Diadema II, onde também fica o mercadinho.

O acusado foi encaminhado ao plantão da Delegacia Metropolitana de Eusébio (DME) e autuado pela delegada Eveline Castro e Silva Sales. Moisés de Oliveira negou a participação no crime, mas não explicou o motivo de ter ido ao mercadinho e não ter comprado nada. Testemunhas o reconheceram.

De acordo com as investigações preliminares, o acusado chegou ao mercadinho, localizado na Rua Baturité, 2140, por volta de 17 horas, momento em que quase todos moradores de Horizonte estavam em casa ou bares assistindo a partida entre as seleções do Brasil e Uruguai pela Copa das Confederações.

Ao invadir o mercadinho, o suspeito encontrou "Naldo" despachando dois clientes. O assalto foi logo anunciado, pois o bandido já entrou de arma em punho. O mais provável é que tenha ocorrido reação. No fim do assalto, o dono do mercadinho e os dois clientes estavam feridos.

Baleados

´Naldo´ teve morte imediata. Os clientes Paulo Ângelo Ferreira Duarte e Francisco Gomes Menezes foram levados ao IJF. UM deles recebeu dois tiros no tórax. O outro, foi baleado na coluna cervical e corre o risco de se tornar paraplégico.

Na vizinhança, as pessoas evitaram falar sobre o crime, porque estavam dentro de casa. Todos, no entanto, não esconderam a indignação com o caso, principalmente porque ´Naldo´ era tido como uma pessoa boa, dedicada à família, à igreja e ao trabalho. Os familiares não quiseram falar sobre o crime. Ontem, o corpo do comerciante foi sepultado naquela cidade.

Fonte: DN

Nenhum comentário: